Capitão América: O Primeiro Vingador

by - maio 29, 2018


2ª Guerra Mundial. Steve Rogers é um jovem que aceitou ser voluntário em uma série de experiências que visam criar o supersoldado americano. Os militares conseguem transformá-lo em uma arma humana, mas logo percebem que o supersoldado é valioso demais para pôr em risco na luta contra os nazistas. Desta forma, Rogers é usado como uma celebridade do exército, marcando presença em paradas realizadas pela Europa no intuito de levantar a estima dos combatentes. Para tanto passa a usar uma vestimenta com as cores da bandeira dos Estados Unidos, azul, branca e vermelha. Só que um plano nazista faz com que Rogers entre em ação e assuma a alcunha de Capitão América, usando seus dons para combatê-los em plenas trincheiras da guerra.
Steve Rogers sonha em lutar por seu país durante a Segunda Guerra Mundial. Mas por conta de seu jeito magro, fraco e franzino, ele nunca foi aceito no exército - e não foi por falta de tentativas. Tudo muda quando um cientista o descobre e convence Steve a participar de um experimento em que poderia se tornar um super soldado!

O experimento faz com que Steve Rogers passe a ser chamado de Capitão América - mas a participação dele no exército não é bem o que ele esperava. Ele passa a ser a imagem dos Estados Unidos durante a guerra, animando os ânimos da população e tentando animar os soldados.

Mas é claro que ele quer mais do que isso... E quando tem a chance, resolve mostrar que merece mais do que ser uma peça publicitária! Quando consegue, forma seu próprio batalhão para ajudar a combater os nazistas e, principalmente, o Caveira Vermelha - que está em busca de um objetivo bem diferente do que o do Führer.


Eu confesso... Não sou muito fã do Capitão América, mas até que gosto do primeiro filme do herói. Toda vez que eu assisto, fico impressionada com os efeitos especiais que transformaram Chris Evans no Steve Rogers do início do filme. E ele é realmente um ótimo ator - dá para perceber a diferença ao comparar com sua atuação como Tocha Humana, em "O Quarteto Fantástico"!

Como eu não gosto tanto assim do Capitão América, sempre acho que os personagens secundários se destacam em seus filmes. Nesse caso temos o próprio Caveira Vermelha (Hugo Weaving é um ator incrível em qualquer papel que faz); a agente Peggy (ainda preciso ver sua série na Netflix); Howard Stark, o pai de Tony Stark, o homem de Ferro; e Bucky, o melhor amigo do Capitão.

E é claro que não posso deixar de falar em como eles conseguem encaixar todos os filmes da Marvel em uma linha do tempo fazendo com que todos eles tenham algum detalhe importante para os próximos filmes da saga! Eles realmente conseguiram criar de um modo super coerente o Universo Cinematográfico da Marvel, o que é incrível!


Leia as últimas resenha sobre a Marvel: 
   

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons