Baseada em quadrinhos da DC Comics, iZombie conta a história de Olivia Moore, uma médica que, após uma festa, torna-se uma zumbi. Ao contrário do que costumamos ver, os zumbis dessa série são bem diferentes daqueles que imaginamos: se eles conseguem comer cérebros, eles podem viver normalmente entre os seres humanos.

Com medo de machucar aqueles que ama, ao perceber a sua nova condição, Liv larga tudo o que tinha planejado para si mesma até então - o noivo dos sonhos e o futuro brilhante na medicina - e passa a trabalhar como médica legista em um necrotério, de modo que ela tem acesso aos cérebros que precisa para manter sua humanidade.

A cada cérebro que ela consome, Liv herda não somente as principais características e manias do morto, mas também suas memórias. E, com essa habilidade, ela consegue contribuir com a polícia, para que eles consigam resolver casos de assassinato.


Os personagens são ótimos... Liv é determinada e sem dúvidas é uma ótima protagonista! Seu ex-noivo também está sempre próximo, e sua família demonstra a preocupação esperada pela mudança abrupta de modo de vida (apesar de não estranharem a palidez repentina dela). Ravi, o chefe dela no necrotério, também é um ótimo amigo e está sempre lá para ajudar Liv com a sua nova condição!

Eu resolvi assistir essa série quando estava entediada procurando algo na Netflix e foi uma surpresa muito boa! Com um tom bem-humorado, a série tem um toque de comédia, suspense, policial e sobrenatural, todos muito bem entrelaçados! Sem dúvidas, vale a pena!


O Natal está chegando e nada melhor do que montar uma wishlist mostrando algumas das coisinhas que eu - e, imagino, qualquer amante de livro - adoraria ganhar!  Então vai ter de tudo: desde estantes até os livros e coleções que eu mais adoraria ganhar (fica a dica, pessoal!)

Foto de Serendipity

1. Estante da TokStok
Faz um tempinho já que estou namorando a estante-célula da TokStok. Acho maravilhosa! E, como amante de livros, realmente estou precisando de um lugar para guarda-los! Pena que é tão cara! Como alternativa, achei uma bem parecida no Walmart... É uma boa opção para quem está com a grana mais curta (como eu no momento haha).


 

2. Kindle paperwhite ou Lev com Luz
Há um tempinho eu estou querendo comprar um e-reader. Depois de muita pesquisa, ainda estou em dúvida entre o Kindle Paperwhite ou o Lev com Luz. Minha principal dúvida é quanto ao conteúdo. Enquanto o Kindle tem o Unlimited, que permite um acesso à diversos livros por um valor bem em conta, o Lev com Luz tem maior catálogo de livros de direito, o que também me ajudaria bastante. Vocês têm algum e-reader? Qual vocês têm?

 
Foto de Giovana Garcia
3. Box Harry Potter
Eu já tenho duas edições de Harry Potter em casa, mas quando lançaram essa nova edição, com as lombadas formando o castelo de Hogwarts, eu me apaixonei! Algum dia ainda quero ter esse box maravilhoso na minha estante!


4. Harry Potter e a Criança Amaldiçoada 
Ouvi diversas opiniões sobre esse livro, mas preciso decidir por conta própria! Eu já demorei muito para ler,


 
Imagem de Serendipity.

5. Funkos
Eu sou apaixonada pelos Funkos - sem dúvidas, eles dão uma graça a mais para a nossa estante, não acham? E o mais legal é que tem personagens dos mais diversos universos. Eu já tenho o Harry, a Hermione e o Dumbledore, que ficam do ladinho da minha coleção de Harry Potter! E, se pudesse, teria muuuitos outros! Se você também adora filmes e séries, eles já tem personagens de vários! Tem de Star Wars, Friends, The Walking Dead, Game of Thrones e muito mais! 



O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.  

O filme mostra a ida de Newt Scamander para Nova York. Logo no começo, já percebemos que Newt leva na mala muito mais do que ele declara. O que ele não esperava era lidar com uma comunidade bruxa super restritiva e que poderia dar mais problemas do que ele poderia imaginar!

Logo que chega na Big Apple, assiste a manifestação de um grupo que quer provar a existência de bruxos e colocar uma nova inquisição - e isso faz com que a comunidade bruxa norte-americana fique ainda mais assustada, sendo mais rígida com qualquer coisinha que saia do comum.

E é assim que Scamander conhece Tina Goldstein, uma ex-aurora que está disposta a retomar seu cargo. Ela percebe que há algo errado com o bruxo assim que um de seus animais foge da mala - e decide denuncia-lo e ajuda-lo a recuperar todas as criaturas que podem ter fugido da bagagem do protagonista.


Fui ao cinema na pré-estreia, sem qualquer ideia do que esperar do filme. Eu tinha lido (faz um tempo, confesso) “Animais Fantásticos e onde Habitam” e, como vocês devem saber, o livro não conta a história do filme, mas conta um pouco sobre cada um dos animais que existem no mundo mágico.

Como fiquei sabendo que a Luna casou com o neto de Scamander, eu já imaginei que o personagem seria peculiar. E, olha, eu me encantei com o Newt! Sem dúvidas, é uma pessoa incrível, que faz o que é necessário para defender aquilo que acredita (como a maior parte das personagens da J.K., né?). Não era de se surpreender que Eddie Redmayne também estaria incrível no papel (a cena dele com o Erumpente é ótima!)


Também adorei ver as relações com o mundo que já conhecemos. Há menção à Hogwarts, à família Lestrange (a Belatrix ainda não nasceu, gente), à Dumbledore (saudades) e, principalmente, ao amigo de infância do antigo diretor de Hogwarts, Grindewald (que no filme “Harry Potter e as Relíquias da Morte “ foi interpretado por Jamie Campbell, que também já fez Jace, de Instrumentos Mortais).

Outra coisa interessante foi a diferença entre a comunidade mágica que já conhecemos – a britânica – e a norte-americana. Só para vocês terem uma ideia: logo no começo já descobrimos que os americanos não chamam os não-bruxos de "trouxas", mas de non-maj.


Por fim, o filme é muito bem humorado, principalmente pelas características de Newt e pela presença de seus animais (o pelúcio, além de fofo, está sempre pronto para aprontar Também dá para dar boas risadas com a presença Jacob Kowalski, um “trouxa” que entrou de paraquedas no meio do mundo bruxo, e que despertou algo em Queenie Goldstein, uma bruxa que tem a capacidade de ler mente.

Os fãs do mundo criado por J.K. Rowling não podem deixar de assistir o filme! Já virei fã de Scamander e estou animada para assistir todos as sequências! Até quem não é fã de Harry Potter tem como se divertir em "Animais Fantásticos e Onde Habitam", que tem tudo para fazer com que você comece a se interessar por esse mundo incrível!