Aluno Exemplar?

by - maio 18, 2010


Adam sempre sonhara em estudar em Harvard. Apesar de seu desejo, nunca se esforçou o suficiente para entrar em tal instituição. Ao invés disso, matava as aulas, deixava todas as lições para última hora - isso quando fazia - enfim, só tirava notas baixas. No último ano, ao perceber sua situação, tentou melhorar um pouco suas atitudes, mas de nada adiantou - continuou indo mal.

Mas nem por isso desistiu. Um amigo que trabalhava na gráfica dos pais resolveu ajudá-lo. Mas nada era de maneira correta. Eles falsificaram o história de Adam, melhorando-o, e falando que ele já vinha de outra universidade antes e, para ajudar, pegaram o histórico do irmão desse amigo, que era um aluno exemplar, e copiaram seus feitos.

Não deu outra. O pedido de transferência fora aceito. A partir de então, Adam era aluno de Harvard. No começo, feliz por conseguir realizar seu sonho, se esforçou ao máximo, para provar que realmente era aquele aluno que dissera ser. Apesar disso, não conseguia ir bem, já que nunca tinha estudado de verdade antes - e não era agora que conseguiria.

No primeiro ano, pegou dependência de várias matérias. Estava quase desistindo e não queria que descobrissem sua fraude. Por isso resolveu tentar transferência para outra universidade - Brown ou Yale. Mas, antes que pudesse fugir, o reitor, estranhando a dificuldade daquele aluno excepcional, resolveu analisar o histórico. E, percebendo uma coincidência com um aluno recém - transferido - o irmão do amigo de Adam, por acaso - percebeu a fraude.

Chamou os dois meninos para conversar. E percebeu que Adam que realmente estava enganando a renomada universidade. Além de o expulsar de Harvard, o reitor também denunciou o ex-aluno à polícia. O jovem foi acusado de mais de 20 crimes e preso.

Ao sair da prisão, 2 anos depois, Adam se determinou a voltar a Harvard. Só que dessa vez de modo justo - e conseguiu, finalmente, realizar seu sonho de maneira honesta.



Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons