A Civilização Maia

by - maio 10, 2010

Pirâmide em Chichen Itza


A civilização Maia viveu na América há mais de 3000 anos, principalmente na Península de Yucatán, hoje no México, e sua cultura e sociedade era uma das mais densas do mundo. A cultura é conhecida por sua arte, arquitetura e conhecimentos matemáticos e astronômicos – muito avançados para sua época.



A arquitetura

A mais famosa são as pirâmides, localizadas em lugares como Chichen Itza, um sitio arqueológico localizado perto de Cancun que foi nomeado uma das sete maravilhas do mundo, além de ser um patrimônio da UNESCO.



O calendário

O calendário não é o original da América pré-colombiana, mas o mais sofisticado. Os maias, assim como os astecas, tinham melhor documentado e entendido o modo de usar o calendário.



Escrituras e Arte

Os maias foram a única civilização pré-colombiana a ter língua desenvolvida na escrita. A arte também é considerada, por muitos, a mais sofisticada e bonita do antigo Mundo novo.



A árvore da vida

Os maias reconheciam os quatro pontos cardeais e os associava com cores: Leste com vermelho, norte com branco, oeste com preto e sul com amarelo. Também tinha uma quinta direção – o centro – que era associado com um azul – esverdeado. Esse centro era representado por uma árvore, conhecia como a “Árvore Maia da Vida”, que conectava o centro da terra com o submundo e com o paraíso.



Os deuses

Existiam 13 deuses pertencentes ao céu e 9 pertencentes ao submundo. Os elementos naturais, assim como as estrelas, planetas, colheita, números, dias e períodos de tempo tinham seu próprio Deus. O humor dos deuses maias mudavam de acordo com o calendário maia ou a posição do sol, lua e estrelas. Os principais deuses eram Chaac, deus da chuva e do trovão; Ixchel, deusa jaguar dos nascimentos; Ah Puch, deus da morte.



Hoje em dia, mais de 500 línguas maias ainda são faladas. Parte de suas cidades foram preservadas e podem ser visitadas.


(traduzido e adaptado desse site)

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons