Fraude Legítima

by - fevereiro 23, 2018

Nome: Fraude Legítima
Autora: E. Lockhart
Editora: Seguinte
Páginas: 273


Jule West Williams  e Imogen Sokoloff se reencontraram anos depois de terem estudado juntas na escola. Em pouco tempo, se tornaram melhores amigas inseparáveis, dividindo não só segredos, mas também a casa, as roupas e vivendo com muito luxo. Mas nem tudo é perfeito como parece - e tudo o que acontece culmina no suicídio de Immie.

Começamos o livro pelo último capítulo - e vamos acompanhando a história na ordem inversa, até chegar no primeiro capítulo. A narrativa, em terceira pessoa, foca na trajetória de Jules, uma garota capaz de se adaptar a qualquer situação, que adora se reinventar.

Ao longo dos capítulos, vamos conhecendo mais a personagem e conhecendo seus pensamentos e desejos. Percebemos a enorme vontade de escrever sua própria história, sempre se baseando nos livros preferidos de Immie - todos com protagonistas órfãos e fortes. Também conhecendo mais e mais o real vínculo entre as protagonistas e como tudo chegou ao ponto que está!


Quando eu li Mentirosos, me surpreendi com a escrita da autora - ela consegue manter o leitor preso nas páginas até o final! Dessa vez não foi diferente. A autora conseguiu inovar, ao mudar a ordem dos capítulos, e fez com que eu ficasse ainda mais curiosa!

Como eu já sabia alguma das coisas que iam acontecer, minha cabeça ficava pensando como aquilo ia chegar naquele ponto, e eu ficava ainda mais animada para ler os próximos capítulos! Também foi muito interessante juntar as peças - a gente lia algo em um capítulo e, depois, vínhamos de onde aquilo tinha vindo, como que tudo tinha realmente acontecido... Confesso que fiquei morrendo de vontade de reler o livro, mas na ordem normal dos capítulos. Vale a pena a leitura, um thriller psicológico que sem dúvidas mexe com o leitor!

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons