Budapeste: Peste

by - janeiro 17, 2016

Budapeste é uma cidade maravilhosa. Inspirada pelo livro "Budapeste", resolvi fazer dois posts com alguns dos pontos turísticos que eu mais gostei da cidade! É claro que Budapeste tem muito mais - e tenho certeza que muitos dos que visitam a cidade saem com aquele gostinho de 'quero voltar logo para ver mais'!

A capital húngara é cortada ao meio pelo maravilhoso Rio Danúbio. De um lado do rio fica Buda e do outro fica Peste - que nem sempre foram a mesma cidade! Por causa disso, resolvi dividir o post em dois.

Peste

Parque Szobor

O parque Szobor é incrível. Dá para passar um bom tempo passeando pelo parque e encontrar muitas coisas interessantes. O parque fica logo no final da Avenida Andrássy, uma das mais famosas de Budapeste. Na entrada do parque, temos a praça dos heróis, que reúne 12 estátuas de pessoas que foram importantes para o país, mais dos 7 antigos líderes tribais que se uniram para funda-lo. 

O parque também tem várias outras esculturas, como a estátua do escritor anônimo, que apareceu no filme "Budapeste", baseado no livro de Chico Buarque.



Mas, sinceramente, o que mais me interessou no parque foram as Termas Szechenyi, que são uma delícia! O local tem piscinas com água quente, em temperaturas que variam de 28ºC a 38ºC. Eu fui para Budapeste no final do outono, e as temperaturas variavam entre -2ºC e 10ºC, então foi uma delícia entrar numa piscina quente assim!

Budapeste tem várias termas, mas acho que as termas Szachenyi são as mais interessantes por ter uma grande piscina externa! No inverno, a piscina fica envolta em vapor - e você fica quentinha mesmo estando frio do lado de fora. No verão, as termas dão festas toda semana - e não tenho dúvidas que deve ser bem divertido ir para uma festa naquelas termas!


Fotos tiradas do site oficial das termas.

Parlamento

O Parlamento é um dos prédios mais bonitos de Budapeste - e olha que a cidade está cheia de prédios maravilhosos! É possível agendar um tour para conhecer o local por dentro, desde que seja agendado com antecedência e pagar uma taxa de 500 florintes (quando eu fui, isso equivalia a 5 reais).

Parlamento visto do bastião dos pescadores


Mercado Central

Para aqueles que adoram apreciar a gastronomia local, o Mercado Central de Budapeste é o lugar certo. Próximo à uma das pontes que atravessa o Danúbio, o mercado também é de fácil acesso para quem está em Buda. Eu experimentei o lángos, um prato tradicional da Hungria que parece uma pizza, mas feito com um tipo diferente de pão na massa. Outro prato que também vale a pena é o goulash, bem tradicional do país.

Fotos de Johnny Jet

Igreja de São Estevão

A igreja de São Estevão é bem bonita e homenageia Estevão, que foi posteriormente canonizado, e fundou o país. Uma curiosidade estranha: a mão de Estevão está conservada dentro da igreja! Por um valor baixo (se não me engano 200 florintes), você pode subir na igreja e apreciar a vista, que é maravilhosa!


Uma dica: apesar de fazer parte da União Européia, a Hungria ainda não faz parte da Zona do Euro e utiliza o florim como moeda. Vale a pena viajar por lá, pois o florim é mais barato que o euro e isso faz com que a Hungria seja um dos países mais baratos da Europa!

Leia também

6 comentários!

  1. Eu tenho planos de visitar a Hungria pois tenho um amigo que é de Budapeste *-*
    olhando os pontos turísticos e babando aqui omg *-*
    Queria visitar a visita do escritor anônimo e nas termas, o Parlamento e comer Goulash ahahaah

    ResponderExcluir
  2. Meu deus, que lugar mais incrível, preciso visitar :o gente que cores lindas esses pretos, fazem meus olhos brilhares :o
    Estou apaixonada e apavorada de tão lindo.
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Olá, adorei o post, pois adoro viajar. Nunca havia pensado em conhecer Budapeste, mas posso reconsiderar. O Parlamento é realmente uma construção linda. E devo dizer que aqui onde moro a água sai do chuveiro normalmente nessa faixa de temperatura, especialmente no verão kkkkk. Brincadeiras a parte, estou animada para ver a segunda parte do post. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Déia, que posto maravilhoso!
    Adorei saber um pouco mais sobre esse lugar lindo. Viajar está muito além de ver paisagens né.
    Parabéns!
    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie,

    Eu tenho vontade de conhecer Budapeste só por causa de um livro que eu nem li, mas que eu fiquei curiosa com a cidade, e vendo esses posts fiquei ainda mais curiosa, eu necessito conhecer Budapeste *-* amei as fotos é tudo tão lindo, e a moeda faz com que valha muito a pena conhecer a cidade!

    Mayla

    ResponderExcluir
  6. Que post lindo, parabéns! Adorei a Igreja de São Estevão. Gostaria muito de experimentar os prato típico, fiquei curiosa sobre o lángos. Penso que deve ser adorável fazer uma viagem a Budapeste. Adorei o post!

    Tatiana

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons