Budapeste: Buda

by - janeiro 14, 2016

Budapeste é uma cidade maravilhosa. Inspirada pelo livro "Budapeste", resolvi fazer dois posts com alguns dos pontos turísticos que eu mais gostei da cidade! É claro que Budapeste tem muito mais - e tenho certeza que muitos dos que visitam a cidade saem com aquele gostinho de 'quero voltar logo para ver mais'!

A capital húngara é cortada ao meio pelo maravilhoso Rio Danúbio. De um lado do rio fica Buda e do outro fica Peste - que nem sempre foram a mesma cidade! Por causa disso, resolvi dividir o post em dois.

Buda

A parte de Buda é, ao meu ver, mais histórica e turística que Peste. Em um dia, dá para visitar os principais pontos deste lado do Danúbio a pé - você só precisa estar disposto a subir até esses pontos! Como os principais pontos turísticos são no alto, a vista de lá é maravilhosa - e você não pode perder!

Castelo de Buda

Infelizmente, eu fui no castelo de Buda em uma segunda-feira, dia em que o local está fechado para visitação. Porém, mesmo passeando pelo lado de fora, consegui ver a beleza do castelo e deu para imaginar como seria a vida lá dentro.

Também peguei, por acaso, a troca da guarda, que acontece bem na frente do castelo. É bem menor do que a famosa troca britânica, mas sem dúvidas vale a pena assistir!

Outra coisa que eu achei legal - e confesso que não sei se costuma ter na frente do castelo - foi a possibilidade de 'aprender' o arco e flecha: por apenas 2 euros, podíamos tentar acertar 5 vezes a flecha no alvo (eu acertei, não sei como, 4 delas, mas não chegou nem perto do centro haha).




Bastião dos Pescadores

O bastião dos pescadores é maravilhoso não apenas por sua arquitetura, mas também pela sua vista. A construção fica na colina de Buda e envolve a Igreja de São Matias. A subida é difícil (principalmente se você for a pé), mas a vista vale a pena!



Igreja de São Matias

Ao lado do bastião está a Igreja de São Matias. Na época em que eu fui, a igreja estava em reforma e, por isso, não tive a oportunidade de entrar. Porém, o lado de fora já é maravilhoso - principalmente o telhado, que é colorido.


Ponte das Correntes

Para falar a verdade, a Ponte das Correntes (Chain Bridge) não fica em Buda, mas é a ponte mais famosa que liga o lado de Buda ao lado de Peste. A ponte é bem bonita, e ao atravessa-la, é possível ver o castelo e os principais pontos de Buda. A noite a ponte é iluminada, e fica bem bonita. 





Uma dica: apesar de fazer parte da União Européia, a Hungria ainda não faz parte da Zona do Euro e utiliza o florim como moeda. Vale a pena viajar por lá, pois o florim é mais barato que o euro e isso faz com que a Hungria seja um dos países mais baratos da Europa!

Leia também

5 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons