Lei anti-fumo: mais um passo para o destino final

by - maio 14, 2009

O governador de São Paulo, José Serra, criou um projeto de lei que foi aprovado e tem gerado muitas discussões; A lei se trata da restrição de áreas de fumo: agora só sera permitido fumar dentro de casa e ao ar livre.




Existem aqueles que são contra a lei, alegando que esta tira a liberdade dos fumantes. Os defensores deste argumento podem dizer que os fumantes perdem a liberdade, mas esquecem que, ao mesmo tempo, aqueles que não fumam - a maioria da população - ganham a liberdade para respirar sem sentir o cheiro do cigarro.

As pessoas que apenas sentem o cheiro do cigarro, contra sua vontade, são os fumantes passivos. O fumante escolhe fumar mesmo sabendo as consequências que vai sofrer, já o fumante passivo pode acabar sofrendo as mesmas consequências só por conviver com fumantes - os efeitos do fumo passivo chegam a matar sete brasileiros por dia.

A lei, além de beneficiar a saúde dos fumantes passivos, pode diminuir a influência do cigarro nos jovens. Uma criança que costuma ver adultos fumando tem amis chance de fumar que aquela que não tem esse costume. Com a restrição, a figura do cigarro tente a aparecer menos, diminuindo a influência deste nas próximas gerações.

Além disso, a lei pode desestimular os fumantes atuais. Com a lei, os fumantes terão que fazer escolhas entre a vida social e o cigarro, há que este não poderá mais ser fumado em lugares públicos.

A lei anti-fumo beneficia a população de várias maneiras: melhorando a saúde dos fumantes passivos, diminuindo o incentivo a fumantes atuais e diminuindo a influencia do cigarro às futuras gerações. A aprovação dessa lei é apenas mais um passo para chegarmos ao destino final: a abolição total do cigarro na sociedade

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons