Cruella

by - setembro 11, 2021

Inteligente, criativa e determinada, Estella quer fazer um nome para si através de seus designs e acaba chamando a atenção da Baronesa Von Hellman. Entretanto, o relacionamento delas desencadeia um curso de eventos e revelações que fazem com que Estella abrace seu lado rebelde e se torne a Cruella, uma pessoa má, elegante e voltada para a vingança.

Um dos meus filmes preferidos quando era criança era 101 Dálmatas. Eu era viciada! Meu sonho era ter 101 cachorrinhos lindos no meu entorno. Eu realizei - em parte, porque eram todos de pelúcia e nunca chegaram a 101, mas com certeza isso já me deixava bem feliz.

O filme também fez com que a Cruella se tornasse, ao mesmo tempo, uma das minhas vilãs favoritas e também uma das mais perversas. Afinal, como é que alguém pode ser tão malvado a ponto de matar cachorrinhos fofos e inocentes só para fazer um casaco?!

Fiquei bem animada quando descobri que a Disney iria revisitar a história da vilã! Fiquei mais feliz ainda quando descobri que Emma Stone estaria no papel principal, já que adoro a atriz e acho muito difícil que ela decepcione!


E, realmente, o filme não deixou a desejar! A história de Cruella foi muito bem construída. Desde criança, a vilã mostra um lado cruel e se esforça para esconder esse lado por amor a sua mãe. Vemos a menina tentar se encaixar no papel de Estella, fazendo amizades que durariam sua vida inteira, tentando seguir seu sonho de se tornar uma estilista de sucesso... Sempre tentando esconder seu lado mais sombrio... Até que esse lado passa a tomar conta de si e ela se torna aquela vilã que conhecemos!

Por um lado, acho legal conhecer um pouco da história da personagem e tentar entender como sua personalidade foi construída. Stone foi, sem dúvidas, perfeita para o papel! O ódio que Cruella tem por dálmatas tem uma origem que, por mais que não justifique a matança dos bichinhos, tem alguma lógica.

Por outro lado, alguns fatos me incomodaram... Principalmente no final e, é claro, relacionado com os dálmatas que aparecem no filme. O que mais me incomodou foi a cena pós-créditos, que nos remete ao filme original dos Dálmatas. Será que o que aconteceu altera a história de alguma forma? Muda algum significado mais para frente?

Mesmo com essa pulga atrás da orelha, eu adorei o filme! Espero que a Disney continue revisitando os vilões e faça com que eles se tornem cada vez mais humanos!

You May Also Like

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.