A Garota do Calendário: Janeiro

by - janeiro 23, 2021

 Nome: A Garota do Calendário - Janeiro
Autora: Audrey Carlan
Páginas: 144
Editora: Verus


Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Mia é uma personagem determinada. Depois que seu pai se meteu em uma enrascada e está com a vida em risco por causa disso, ela precisa encontrar alguma forma de fazer 1 milhão de dólares em um ano. Caso contrário, ele poderá morrer e sua irmã mais nova terá que largar a faculdade.

É então que a oportunidade perfeita cai em seu colo: passar um ano sendo acompanhante de luxo, cada mês com um homem diferente, e sem a necessidade de fazer sexo com o acompanhante da vez. Apesar de não se sentir inteiramente confortável com a situação, ela não vê outra alternativa e salta de cabeça para conseguir salvar seu pai e fazer com que a vida volte a ser o que era antigamente.


Eu fiquei bem dividida quanto à Mia. Por um lado, eu sei que ela está fazendo o possível para alcançar seus objetivos - mesmo que se sinta moralmente incomodada com isso. Por outro lado, achei ela super irritadiça e não tem muita vontade de entender o motivo pelo qual as pessoas, mesmo as melhores intencionadas, agiram de certa maneira. 

Considerando o passado dela, faz sentido ela ser arisca. Considerando a situação em que ela e a família se encontram, também faz sentido. Mesmo assim, fiquei incomodadíssima com isso e com a forma como ela agiu em alguns momentos.

Por outro lado, Wes parece ser o cara perfeito sem defeitos. Sinceramente, tudo parece bom para o lado dele, ele trata Mia da melhor forma possível e é bem sucedido, apesar de ainda não ter alcançado seu sonho. É claro que só poderia ser um personagem de livro, né?

A série tem bastante cena de sexo, mas não são cenas obscenas como em outros livros. Por ser considerado um romance erótico, achei bem tranquilo. E foi do jeito que eu prefiro: o sexo não é o foco, mas sim a história por trás de tudo. 

É um livro que me deixou curiosa pela premissa, que é boa. Eu confesso que estou curiosa para ver se a Mia vai alcançar seu objetivo, se vai conseguir salvar seu pai, se vai ficar bem até o final do ano e se vai conseguir não levar Wes como comparação quando for encontrar seus próximos clientes. 

Mesmo assim, eu sei que são 12 livros e, sinceramente, tenho um pouco de preguiça de ter que ler tudo isso, mesmo que sejam livros curtos, antes de saber se tudo vai ficar bem. Caso decida ler as continuações, vou postando por aqui para saberem se vale ou não a pena ler a série inteira!

You May Also Like

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.