Uma Coisa Absolutamente Fantástica

by - dezembro 06, 2018

Nome: Uma Coisa Absolutamente Fantástica
Autor: Hank Green
Editora: Seguinte
Páginas: 338



April May se formou em design e está vivendo como qualquer recém-formado que pretende se manter em Nova York: está trabalhando feito uma condenada, dividindo um apartamento pequeno e tentando aproveitar todas as maravilhas culturais e artísticas que a cidade tem para oferecer.

Por isso mesmo, quando encontra um robô gigante enquanto volta do trabalho às 3 da manhã, decide fazer um vídeo para mostrar para o mundo - mostrando que ela pode, sim, apreciar uma obra de arte ao invés de simplesmente passar em sua frente e ignora-la como qualquer outro nova-iorquino faria.

O que ela não esperava era que o vídeo seria o mais visto do Youtube. Ela não esperava que ela seria a primeira humana a fazer contato com alguém de outro mundo. Ela também não esperava gostar da fama - nem imaginava que faria de tudo para continuar sendo notícia.


Eu gostei bastante do livro. Comecei a leitura e não queria parar, fiquei super curiosa para saber o que aconteceria e entender qual o real motivo dos Carls terem vindo pra o nosso mundo, de tudo aquilo estar acontecendo. Só para vocês terem uma ideia: no período em que estava lendo o livro, cheguei até a sonhar que o mundo tinha sido invadido pelos Carls e que eu precisava fazer alguma coisa quanto a isso!

April May não é daquelas protagonistas chatas. Desde o começo, ela deixa claro qual é a intenção dela ao narrar o livro e mostra realmente o que se passava na sua cabeça durante os acontecimentos do livro e faz críticas de como agiu e como teria agido se soubesse de tudo que aconteceu. Também achei bem legal o fato da narrativa ser assim, no passado, com April contando o que aconteceu e comentando, já mais para frente, o que ela estava pensando sobre isso - Nos livros que leio, as narrativas costumam ser no presente, achei interessante ver essa diferença.

Eu gosto de ficção científica e adorei ver um livro que mistura estilos, que deixa essa ficção com cara de young adult. Eu confesso que não acho o John Green tudo isso, então não estava com minhas expectativas super altas para o livro de seu irmão. Talvez por isso, tenha me surpreendido com sua escrita e terminado a leitura bem satisfeita quanto aos acontecimentos e bem curiosa quanto ao final. O que será que vai acontecer agora? Espero que eu não demore muito para descobrir!


Leia também

1 comentários!

  1. Eu também adorei ler esse livro. E estou mega curiosa para saber como vai continuar essa história. Adorei as fotos!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons