O Incrível Hulk

by - junho 24, 2018


Vivendo escondido e longe de Betty Ross (Liv Tyler), a mulher que ama, o cientista Bruce Banner (Edward Norton) busca um meio de retirar a radiação gama que está em seu sangue. Ao mesmo tempo ele precisa fugir da perseguição do general Ross (William Hurt), seu grande inimigo, e da máquina militar que tenta capturá-lo, na intenção de explorar o poder que faz com que Banner se transforme no Hulk.
O filme acontece depois da experiência de Bruce Banner ter dado errado e ele ter se transformado no Hulk pela primeira vez. Depois de perder o controle e machucar Betty Ross, a mulher que ama, ele decide se isolar do mundo e tentar encontrar uma cura para deixar de se transformar no Hulk a qualquer momento.

Mas seu esconderijo foi descoberto... E ele precisa mais do que nunca encontrar a cura, antes que algo ainda pior possa acontecer com ele ou com Betty. E, é claro, ele vai precisar lidar com o Abominável - um oponente à altura do Hulk e que pode trazer ainda mais problemas do que ele poderia imaginar.

Apesar de ter gostado do filme em geral, tem algumas coisas que me incomodam. Uma delas é o começo do filme, aqui no Brasil. Eu adorei ver uns pedacinhos do Rio, mas não faz sentido alguém morar na rocinha e ir para os Correios nos arcos da lapa (?)... ou até mesmo um carioca sendo interpretado por um ator estrangeiro com muito sotaque (haha). Outra coisa que me incomodou foi a velocidade em que o Hulk consegue se movimentar... Por mais que ele seja super poderoso, ele nunca conseguiria andar o tanto que andou durante sua fuga.

Não deixe de ver o trailer:

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons