A Bússola de Ouro

by - novembro 30, 2017


Nome: A Bússola de Ouro
Autor: Philip Pullman
Editora: Suma de Letras
Páginas: 344


Lyra e seu daemon, Pan, levavam uma vida sossegada e feliz vivendo no campus da Faculdade Jordan, até que estranhos acontecimentos levantam boatos de que os Papões, como ficaram conhecidos os sequestradores de crianças que aterrorizam o país, chegaram a Oxford.

Então, quando seu melhor amigo, Roger, e algumas outras crianças da cidade desaparecem, Lyra acaba entrando numa perigosa jornada para resgatá-los; aventura esta que vai relevar muitos segredos a Lyra, principalmente sobre seu passado. O que ela não sabe é que está com seu destino profetizado e que uma guerra pode estar prestes a acontecer. As consequências de suas ações podem afetar muito mais do que apenas a ela.

Eu sempre tive muita curiosidade em ler essa trilogia; quando era mais novo, assisti ao filme e fiquei completamente encantado, então minhas expectativas para a leitura estavam super altas. Felizmente, ele não me decepcionou em nada!

Mais uma vez, me apaixonei pelo universo da obra;  Pullman criou um universo incrivelmente rico e complexo, no qual a magia se mistura de uma forma natural e completamente cativante com a realidade. Eu fiquei impressionado com a criatividade do autor, começando pelos daemons... A ideia de ter algo como sua alma, uma parte de você, andando a seu lado como seu amigo e na forma de um animal... Simplesmente incrível! E nem falo nada das feiticeiras e dos ursos de armadura <3 Fiquei realmente encantado com todo o desenvolvimento do universo do livro; a mistura de fantasia com uma leve dose de steampunk e a mitologia e história que o autor incrementou no seu universo me pegaram de jeito!

E, gente, Lyra e Pan são uns dos meus personagens favoritos da vida (minha cachorrinha se chama Lyra hahaha)! Eu já gostava deles no filme, mas o livro me proporcionou uma visão mais aprofundada deles. Lyra é uma garotinha muito corajosa e inteligente, apesar de um pouco teimosa, que encanta o leitor desde as primeiras páginas. Ver a relação dela com Pan é uma coisa linda <3

Mas uma coisa muito interessante sobre esse livro é que Pullman consegue nos apresentar uma obra juvenil, mas ao mesmo tempo nada inocente. Toda a escrita e o desenvolver da história e dos personagens carregam todos os ingredientes de um livro juvenil, mas a obra é incrivelmente carregada de desenvolvimento político, críticas sobre religião e cristianismo, diferenças raciais e uso de poder. 

Sem dúvidas, A Bússola de Ouro é uma das melhores fantasias que já li! Com muita aventura, ação, magia e boas críticas sociais, é um prato cheio para amantes do gênero, que vai agradar aos leitores de qualquer idade.

Favoritado!

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons