A Traidora do Trono

by - junho 30, 2017

Nome: A Traidora do Trono
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Páginas: 440

Cuidado! A resenha tem spoilers de A Rebelde do Deserto!

Amani, a protagonista, é uma demji, ou seja, ela nasceu da união de uma mortal com um djinni, seres imortais, responsáveis pela criação dos seres humanos. Como demji, ela tem algumas características peculiares: ela não pode mentir e ela tem poderes especiais (que podem ser limitados com ferro e controlados com bronze).

A protagonista vive em Miraji, um país com um governo totalitário, entregue a um exército estrangeiro e que não trata as mulheres em pé de igualdade. Por isso e por outros motivos, Amani acaba se unindo à rebelião, liderada pelo filho do Sultão, que pretende retomar o país e mudar a forma que o governa.


O livro já começa com ação: Amani, em uma de suas missões pela Rebelião, entra Saramotai, uma das cidades mais protegidas de Miraji, como prisioneira, pretendendo libertar os prisioneiros políticos e colocar a cidade sob a guarda de seus iguais. Com uma missão bem sucedida, os rebeldes retornam ao acampamento com todos os prisioneiros recém-libertos - Amani finalmente aprendeu a não deixar ninguém para trás.

Sua lição, porém, pode ter sido em vão. A Bandida de Olhos Azuis foi traída por quem menos esperava. E, assim, a garota foi vendida ao Sultão, que procurava uma demji e já sabia muito bem como controlar uma. Agora Amani é oficialmente uma prisioneira, e está nas mãos do sultão.

Em sua nova situação, a garota precisa encontrar amigos dentro do palácio e dar um jeito de contribuir para a rebelião - ao mesmo tempo em que tenta ganhar a confiança do Sultão para descobrir quais são seus planos e intenções para o futuro do país e para seus amigos rebeldes.


A primeira coisa que tenho a dizer: a capa desse livro é maravilhosa! Só de ter essa capa tão caprichada na minha estante já fico feliz. E tudo fica ainda melhor quando o livro te agrada, não é? 

A série tem muitas personagens e uma mitologia única. Por isso, achei muito interessante o livro começar recapitulando o nome dos principais personagens e principais lendas desse universo. Além disso, também há um mapa de Miraji.

A maior parte do livro é narrada em primeira pessoa, por Amani. Fiquei feliz por ela não ser uma personagem cansativa, já que muitas vezes isso pode estragar o livro. Alguns capítulos, principalmente aqueles que contam as lendas ou que mostram o passado de outros personagens, são narrados em terceira pessoa - e achei ótimo para que possamos entender um pouco mais cada um deles.

Sem dúvidas, essa é uma série que vale a pena ser lida! Eu já tinha gostado da escrita de Hamilton no primeiro livro e fiquei muito feliz que não me decepcionei no segundo! Sem dúvidas vou acompanhar os livros da autora daqui para frente! Vale muito a pena a leitura!

Leia também

2 comentários!

  1. Oi! Comecei a ler esse livro hoje acredita? hahaha To muito ansiosa com essa leitura e que bom que tu achou que esse segundo livro não decepcionou! Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Oi Andrea, tudo bem?
    Ainda não tive a oportunidade de ler esta trilogia. Tenho apenas o segundo livro, e estou esperando conseguir o primeiro para começar. O que mais me chama atenção nesta série é a mitologia e a personagem feminina forte que temos. Amo a capa do primeiro livro.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons