A Queda dos Reinos

by - abril 10, 2017


Nome: A Queda dos Reinos
Autora: Morgan Rhodes
Editora: Seguinte
Páginas: 400

Foto do blog Lost Girly Girl
Em A Queda dos Reinos, conhecemos três reinos: Auranos, Paelsia e Limeros. Apesar de serem reinos vizinhos, apenas Auranos parece prosperar, enquanto Paelsia se afunda na pobreza e Limeros no frio. 

A frágil trégua entre os reinos acaba quando um lorde auraniano, acompanhante da princesa de Auranos, Cleo, assassina um jovem paelsiano e sai impune, o que acarreta numa série de acontecimentos que mudam o destino dos reinos.

O livro é narrado na visão de cinco personagens: Cleo, princesa de Auranos, atormentada por pesadelos com a morte do paelsiano e por um casamento arranjado com alguém que ela odeia; Magnus, herdeiro de Limeros, que guarda muitos segredos e tem uma relação conturbada com o pai; Lucia, irmã de Magnus, que não sabe o que fazer com a magia que cresce nela; Jonas, irmão do jovem assassinado, tomado por sede de vingança e pelo seu ódio por Cleo; e Ioannes, um membro do Santuário, que vigia os reinos em busca da Tétrade, um artefato capaz de restaurar a magia que está desaparecendo. Em meio às intrigas em cada reino e à busca pela Tétrade, os personagens se encontram e seus destinos se entrelaçam numa teia de segredos e vingança.

“Às vezes, você não nota o quanto é forte até ser testada.”

Gostaria de começar dizendo que A Queda dos Reinos não alcançou minhas expectativas. Eu sempre ouvi falarem muito bem da série e eu achei que seria maravilhosa, mas não foi tão boa quanto eu esperava. Isso não significa que eu não tenha gostado do livro.

A história é bem diferente do que eu imaginava, mas se mostrou uma boa história. A trama é bem desenvolvida, tem muito mistério, muita intriga e segredos... O enredo do livro é, realmente, o ponto alto da leitura.

Os personagens não me cativaram muito. Pra mim, não houve muito aprofundamento neles... Talvez por serem muitos, ou pelo foco no desenvolvimento do universo da série, mas achei que a autora só apresentou os personagens. De todos, o que mais gostei foi o Magnus.

A escrita da autora não é ruim, mas também não é incrível. Ela tem um estilo leve e fácil de pegar ritmo, mas não tem aquele aprofundamento, aquela sensação de imersão na história, que eu costumo encontrar em bons livros de fantasia. Também fiquei incomodado com alguns termos do livro, como elementia... Me pareceu meio coisa de RPG, fanfic... rs

Em suma, eu achei o livro bem legal. É bem desenvolvido, tem boas doses de aventura e romance, mas ainda não senti uma conexão com a série. Quando eu li esse livro, ano passado, eu tinha dado 3 estrelas para o livro, mas agora fazendo essa resenha eu percebi que eu talvez tenha sido um pouco exigente demais com o livro e que eu gostei mais do que eu achava que tinha gostado, então mudei minha nota para 4 estrelas.

Todo mundo diz que o primeiro livro é realmente o mais fraco da série e que ela só melhora, então eu decidi dar uma chance ao segundo livro, A Primavera Rebelde, e a partir dele eu decido se irei ou não continuar na leitura da série. Estou bem curioso em relação a essa continuação.


Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons