Novidades de Dezembro: Companhia das Letras

by - dezembro 21, 2016

http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=14205
O maior lançamento da Companhia das Letras é Jantar Secreto, de Raphael Montes! Para vocês ficarem curiosos, enquanto eu não posto a resenha, segue a sinopse:
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. A partir daí, eles se envolvem em uma espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos e grã-finos excêntricos, e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.

 
http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=14110http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13927http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13931

2016 foi um ano ótimo para a Companhia das Letras! Vários de seus livros ganharam prêmios incríveis e valem a pena ser lidos:

Como se estivéssemos em palimpsesto de putas, de Elvira Vigna foi vencedor do prêmio APCA 2016, como melhor romance/ novela, e conta a história de dois estranhos - uma designer em busca de emprego e um rapaz que fora contratado para informatizar uma editora moribunda - que se encontram no Rio de Janeiro. Dia após dia, ele relata a ela seus encontros frequentes com prostitutas, e ela preenche na cabeça as lacunas da narrativa. d

A Resistência, de Julián Fuks (que esteve presente no Encontro de Livreiros de Março) foi o livro mais premiado do ano, ganhando, inclusive, o Jabuti de ficção do ano! O livro conta a jornada do protagonista para descobrir se seu irmão adotivo, nascido na Argentina, tinha, ou não, sido um dos bebês desaparecidos durante a ditadura no país. 

Por fim, Galveias, de José Luiz Peixoto, foi o vencedor do Prêmio Oceanos 2016! O livro é baseados nas memórias do próprio autor, que passou a infância em uma pequena aldeia no Alentejo, no interior de Portugal.

http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=80035 https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=924771909629941195#editor/target=post;postID=3246043490575164959;onPublishedMenu=allposts;onClosedMenu=allposts;postNum=11;src=link
Para quem não conhece ainda, Dois Irmãos rendeu à Milton Hatoum o Jabuti de melhor romance em 2001. Em janeiro, a nova minissérie da Globo, estrelando Cauã Reymond, contará a história. A adaptação, em quadrinhos, também já foi premiada! O livro conta a história de dois irmãos e suas relações com a família. Na mesma casa, vive a empregada e seu filho. Este é o narrador de todos os dramas que testemunhou enquanto vivia ali.

www.companhiadasletras.com.br/titulos.php?busca=desventuras+em+s%E9rie&x=0&y=0www.companhiadasletras.com.br/titulos.php?busca=desventuras+em+s%E9rie&x=0&y=0

Desventuras de Séries, lançados pela Editora Seguinte no Brasil, vai se tornar uma série da Netflix (garantia de que vai ser boa, né?)! A série conta a história dos órfãos Baudelaire, as pessoas mais infelizes do mundo: é uma tragédia atrás da outra! Dia 13 de janeiro já sabem onde eu estarei, né? Fique com o trailer oficial:

Leia também

2 comentários!

  1. Estou doida para ler Jantar Secreto.
    O que você achou do livro??

    Beijos
    http://doceestante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li, Dayse, mas já separei e vai ser uma das minhas próximas leituras! Estou super curiosa!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons