Orphan Black

by - maio 06, 2015

Imagina descobrir alguém idêntico à você. Será que você tem uma irmã gêmea desconhecida? Imagina que, antes de tirar qualquer dúvida que surja à mente, esse alguém se suicide - bem na sua frente. O que você faria? 


Sarah Manning passou por essa situação. Após ver uma mulher exatamente igual a si mesma se jogar na frente de um trem, ela decide assumir sua identidade. Ao invés de ser uma órfã, que foge do ex- namorado Vic e fazer trabalhos ilegais para conseguir dinheiro o suficiente para sumir junto de seu irmão, Felix, e sua filha, Kira, ela é, agora, Beth Childs, uma detetive que vive uma vida aparentemente tranquila com o namorado, Paul, e que tem uma conta bancária bem cheia.

Inicialmente, Sarah planejava apenas esvaziar a conta de Beth e seguir seu plano inicial de sumir, mas quando menos espera, percebe-se envolvida em algo muito maior do que jamais imaginou. Ela é um clone. E Beth estava investigando seus criadores.

Assim, conhece Alison Hendrix, sua cópia que vive como dona de casa e mãe de periferia; e Cosima Niehaus, uma estudante de doutorado em biologia evolutiva, que aproveita seus conhecimentos para entender melhor a origem delas próprias.


Tudo fica ainda mais complicado quando elas descobrem que um dos clones quer eliminar os demais. Helena cresceu como uma fanática religiosa que acredita que suas cópias são obra do diabo - e ela fará de tudo para fazer com que apenas uma sobreviva.

Apesar de conseguirem se virar bem sozinhas, elas sabem que precisam uma das outras para entender de onde vieram, e para se protegerem mutuamente, garantindo que ninguém descubra sobre elas, ou descubra que elas sabem o que realmente são.


O seriado é muito, muito bom. Ele nos deixa ligado em pouco tempo e o suspense faz com que a vontade de descobrir o que realmente está acontecendo ainda maior.

Mais que isso, a série também nos faz pensar na ética da clonagem. Apesar do genoma idêntico, cada clone tem sua própria personalidade, teve sua própria criação. Mas será que elas são seres únicos ou apenas a propriedade de alguma empresa que as criou?

A atriz Tatiana Maslany dá um show e consegue mostrar todo o seu talento ao interpretar os diversos clones. Apesar da diferença física, percebemos a habilidade da atriz canadense pelas expressões faciais, pelo sotaque e pela postura de cada uma das personagens. É impressionante como ela consegue dar vida e individualidade a cada uma.

O seriado é incrível. Vale muito a pena assistir. Eu, que comecei sem muitas expectativas, me vi grudada na televisão e, em menos de um final de semana, estava com a primeira temporada inteirinha assistida. E, confesso, só não assisti mais, porque o Netflix ainda não liberou a segunda temporada. Atualmente, a série está na terceira temporada, exibida no Brasil pela A & E.

Leia também

12 comentários!

  1. Minha amiga me recomendou a série e eu comecei a assistir, mas não me atraiu e me conquistou para ficar vendo. Eu sou um pouco lerda, então o fato de ter várias delas o tempo todo é um pouco complicado para me fazer entender, mas concordo que a atriz dá um show de interpretação porque não é nada fácil fazer vários papeis e de forma tão diferente, infelizmente não funcionou para mim, mas foi bom para saber um pouco mais!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma serie muoto boa, a historia e bem legal e intrigante.. vou adorar ver..

    ResponderExcluir
  3. Eu amo essa série! Falei dela também quando lançou os bonequinhos cabeçudos uishfduhsusf
    Todos elogiam a atuação da Tatiana Maslany nessa série e é bem merecido. Ela arrasou mesmo fazendo tantas personagens diferentes em apenas uma série, sem se perder.
    Amei a forma que você falou da série, bem mais explicado que eu, haha.
    Abraços~♥

    ♥~Nankin Dust

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Já li alguns comentários sobre como essa atriz é boa e fico ainda mais curiosa sobre Orphan Black por tratar de clonagem humana e todas as consequências. Com certeza vai ser uma das próximas séries que vou começar a assistir!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Gosto muito de series, já tinha ouvido falar de Orphan Black mais ainda não conhecia a historia e gostei bastante do enredo, parece bem legal a historia e a trama e a Tatiana Maslany se superou pra conseguir dar vida a personagens que mesmo iguais são tão diferentes !!

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Não sou tão chega em séries por não assistir muito tv mas gostei bastante do enredo dessa, bem interessante, assistiria sim se tivesse oportunidade, que bom que gosta tanto, seu post está ótimo.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi deia!
    Miga, eu não curto muito séries, mas Rodrigo adora !!
    Ele já tinha comentado comigo sobre essa, parece ser muito boa mesmo!

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia da série, e vai para minha enorme lista para assitir kkk Bom saber que a atriz principal está fazendo um belo trabalho, dá mais vontade ainda de assistir.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Eu já tinha visto um post falando sobre essa série e achei a proposta incrível e diferente. Realmente a atriz tem que ser muito talentosa para interpretar vários papeis e diferenciar os personagens.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  10. Oi,tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar do seriado, mas não sabia praticamente nada do enredo. Achei legal a ideia, já vi outro seriado que uma pessoa assume a identidade da outra,mas eram gêmeas, não clones, kkkkkk.
    Não tenho visto séries ultimamente, mas essa é mesmo uma ótima dica
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?

    Eu comecei a assistir a primeiro temporada, mas acabei perdendo um pouco o interesse, mas depois eu volto a assistir. A série tem um tema central muito interessante, acho que só não consegui me apegar a série no início.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Dea, tudo bem?

    Ah, não vejo mais séries =( Infelizmente. Até queria ter mais tempo pra elas, mas infelizmente não dá. De qualquer forma, acho que Orphan Black não estaria na minha lista de prioridades.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons