Aladdin

by - setembro 17, 2014


O filme se passa Agrabah, uma cidade das Arábias. Jafar é o conselheiro do Sultão e está atrás de uma lâmpada mágica, que se encontra dentro da Caverna das Maravilhas. O problema é que apenas uma pessoa com uma boa alma poderá entrar nessa caverna - e Jafar precisa encontrá-la.


Enquanto isso, Alladin vive no meio da cidade e tem que roubar comida para não passar fome. Seu sonho é conhecer o palácio de dentro e não ter que ser um ladrão para conseguir viver. Vemos desde o início que, apesar de ladrão, o garoto tem bom coração.

Jasmine, por sua vez, é frustrada com sua vida no palácio. Ela deve encontrar um príncipe para se casar, mas não vê ninguém que gosta. Ela sonha em se casar por amor. Insatisfeita com sua vida, foge para o mercado popular de Agrabah e é lá que conhece Aladdin.

Com a desculpa de que Aladdin sequestrou a princesa, Jafar o captura e o envia para a caverna, para que pegasse a lâmpada. A tentativa, porém, dá errado, e o garoto fica preso com um tapete mágico, que encontrou por lá, e com a lâmpada, que aparentemente não tem nenhuma magia. 

É então que a mágica acontece: a lâmpada libera um gênio, que pode conceder três desejos - com alguns limites, sendo o gênio impedido de matar alguém, fazer alguém se apaixonar ou trazer mortos de volta a vida. E, é claro, você não pode desejar mais desejos. Descobrindo que o maior desejo do gênio é a liberdade, Aladdin promete libertá-lo como seu último desejo. E utiliza o primeiro para que ele se torne um príncipe e, então, possa conquistar a filha do Sultão.


Eu adorei o filme, como é o feitio de qualquer filme da Disney. Aladdin é um ladrão, mas demonstra só fazer isso para conseguir condições mínimas de vida. E mesmo quando está com fome, pensa antes nos outros, deixando de comer para fazer com que outros aparentemente mais necessitados os faça.

Jasmine, por sua vez, é uma princesa diferente daquelas bobinhas que ficam esperando o príncipe encantado. Pelo contrário: ela não quer se casar por pura obrigação com alguém por quem não sente nada. É exatamente por isso que ela decide se aventurar por sua cidade, tentando evitar viver no palácio. E é então que ela se apaixona por Aladdin. Ela gosta de aventuras e sonha em vivê-las e conhecer o mundo.

Jafar é um vilão malvado que tem o sonho de ser mais poderoso que qualquer ser da Terra. Seu desejo de poder é tão cego que ele não se importa com o modo de consegui-lo, desde que o consiga. É isso também que o leva a ruína. O Sultão, ainda, é muito fofo! É um baixinho gorducho, bigodudo, barbudo e com sobrancelha grossas que só quer o que é melhor para sua filha. O problema é que confia cegamente em seu conselheiro que, como todos sabemos, não é dos melhores.

Também achei super fofo os bichinhos de estimação! Apu é um macaquinho sapeca, ciumento e super companheiro de seu dono, sempre agindo para ajudá-lo. Rajah é um tigre, mas parece mais um cachorro! Quem me dera ter um tigre com alma de cachorro e que se preocupasse tanto comigo quando ele se preocupa com a princesa! Iago é o papagaio que acompanha Jafar e não só repete o que os outros falam, mas também fala por conta própria. Ao contrário dos outros, odeia biscoitos e morre de raiva quando dão para ele.

Por fim, o gênio. Ele é cômico, adora se mostrar e usar seus poderes. Ele se daria super bem no show business! Ele faz tudo em grandes proporções e não economiza poderes para se mostrar como boa alternativa e, também mostrar que seu amo pode ter tudo o que quiser. É claro, dentro de seus três desejos.

Super recomendo! E, para deixar vocês com água na boca, vou deixar algumas músicas do filme, que, é claro, vão te trazer uma nostalgia daquelas! 

Músicas 




Leia também

8 comentários!

  1. Acredita que eu nunca vi esse filme? Haha. E nunca vi tantos filmes famosos.

    Esse filme parece bem legal. "Ah, Karla, mas você não odeia romances bobos?" Odeio, mas a Disney é uma exceção. Gosto de ver os filmes da Disney, não importa o quão terríveis sejam.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  2. Que saudaaades de Aladdin! Eu tinha a fita quando era criança e era um dos meus preferidos, fiquei com muita vontade de rever!

    E ah, te marquei numa tag no blog. Estou ansiosa pelas respostas <3

    http://wheresmyneverland.blogspot.com.br/2014/09/5-perguntas-sobre-o-blog.html

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Nossa, faz tempo que vi esse filme e com certeza preciso rever Alladin.
    Adoro os desenhos da Disney.

    ResponderExcluir
  4. Aladdin é um dos meus filmes da infância favoritos!!
    Eu era totalmente encantada pelo Gênio!! Tando o dublado quanto o legendado! hahaa
    Qm fez a dublagem do gênio tbm era um gênio! hehe
    Amo as músicas! Me lembram ótimos momentos da minha infância!
    <3
    Tão bom relembrar isso!!

    ResponderExcluir
  5. Minha infância. Amo os filmes da Disney (que não?). Ainda que meu preferido seja Mulan, Aladdin fez parte da minha infância <3

    Beijos.
    -A.

    ResponderExcluir
  6. "Um mundo ideaaalll" ♪
    kk oi Deia, não tem como não pensar em Aladdin e não lembrar dessa música.
    Adoro animações e as da Disney são sempre muito boas, mas não curto tanto esse filme, não que eu não goste dele. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Sempre amei os desenhos e a historia de Aladin, por amar o gênio e seus personagens.Mas confesso que nunca tive oportunidade de conferir o filme, nem preciso dizer que adorei esta postagem, e irei locar para assistir com minha maninha de 9 anos, creio que vamos adorar, ela irá conhecer e eu matar a saudade!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Que vontade de fazer a louca e re-assistir a todos estes clássicos maravilhosos da Disney!
    Até já havia começado, com o intuito de aperfeiçoar o Inglês e assistir com áudio original e sem legendas; recomendo!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons