Jogos Vorazes

by - setembro 06, 2012

Nome: Jogos Vorazes
Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco



Demorei para me interessar pelo livro, e confesso que só fiquei animada com o filme depois de ler algumas resenhas. Logo que fui ao cinema conferir, fiquei com vontade de comprar a trilogia! 


Assim como Feios, a história se passa em um futuro distante e apocalíptico. A América do Norte se transformou em Panem, e é governada com garras de ferro pela Capital. Panem é dividido em 12 distritos, cada um com uma função específica.

Para mostrar o seu poder, e evitar rebeliões, o governo criou os Jogo Vorazes. Nos jogos, cada distrito oferece dois tributos, um homem e uma mulher. Todos são jogados em uma arena - e tudo o que eles fizerem será filmado e transmitido ao vivo para toda a população de Panem. O objetivo do jogo é sobreviver - e apenas um tributo poderá sair vivo.

Katniss Everdeen vive na região mais pobre do distrito 12. Para sobreviver, ela e seu melhor amigo, Gale, caçam na floresta - uma região proibida. A garota cuida da casa desde que seu pai morreu, ela é forte e sonha em dar uma vida melhor que a dela para a irmã, Primrose.

Quando Prim é chamada para ser a tributa de seu distrito, Katniss se voluntaria para participar dessa edição dos jogos. O tributo masculino é Peeta Mellark, o filho do padeiro e membro de uma das famílias que tem melhores condições em seu distrito.

Os tributos escolhidos, após as despedidas de seus conhecidos, vão para a Capital, local onde serão apresentados para a população e, também terão pouco tempo para treinar e conquistar alguns patrocinadores. Nesse intervalo, conhecemos Elfie, a garota da capital que acompanha o distrito 12, Haymitch, o único vencedor do distrito 12, que vai ajudar seus tributos no que julgar necessário e Cinna, o estilista, que tem ideias sensacionais e sabe como conquistar o público.

Durante uma entrevista com Ceasar, o apresentador de todos os jogos vorazes, Peeta declara ser apaixonado por Katniss - e isso será essencial para o desenvolver dos jogos. Sobre os personagens que foram para os jogos, vale a pena falar de Rue, a garotinha do distrito 11 que faz amizade com Katniss; e os tributos dos distritos 1 e 2 - que passam a vida inteira treinando para, finalmente, brilhar na arena.


Eu amei o livro. A narrativa é coerente, envolvente e a história é muito bem construída. Depois de iniciar, não conseguia mais para de ler! Os personagens também são muito verdadeiros - e, apesar da situação ser irreal, conseguimos nos sentir na pele eles. 

Também é interessante ver a crítica social que é feita. O quanto as pessoas ficam viciadas em reality shows que não têm nada de realmente interessante e que não vão acrescentar nada em nossa vida. Também critica o governo autoritário que, muitas vezes, toma decisões ridículas para controlar a população - é claro, não são tão ridículas quanto os jogos vorazes, mas não fazem sentido.

Eu recomendo o livro para qualquer um! E, para aqueles que não gostam muito de ler, vale a pena ver o filme - foi uma das melhores adaptações que eu já assisti! É claro que faltaram alguns detalhes, mas foi uma ótima adaptação. 


O livro é muito parecido com "A Longa Marcha" , de Stephen King. Mesmo assim, ele fez uma crítica positiva sobre "Jogos Vorazes" - e não tinha como ser diferente!

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons