Sexto Sentido

by - setembro 08, 2012


Esse é outro clássico que todos deveriam assistir. O filme fala sobre Cole, um menino que tem um dom especial: ele vê e se comunica com pessoas que já morreram. Os mortos, porém, podem ferir o garoto, o que faz com que ele esteja sempre assustado. Como é diferente das outras crianças, ele vive isolado. 

A presença desses fantasmas na vida do menino também afetam seu relacionamento com a mãe, que não conhece o segredo do filho e acha que ele vive mentindo, sem entender o porque disso. Para lidar com a situação, Cole recebe ajuda do Dr. Malcolm Crowe. O psicólogo, especializado em tratar crianças, encontra um desafio ao se confrontar com o protagonista após ver uma semelhança entre ele e um ex-paciente, um dos únicos com quem falhou.

Assim, ao longo do filme, Dr. Crowe tenta encontrar o porquê de Cole ser tão diferente dos outros e ajudar com a resolução de tal problema. Ao descobrir o segredo do menino, então, tenta fazer com que o garoto se comunique com os fantasmas, ao invés de se assustar com eles. 

O filme é muito bem construído. Desde o início aparecem detalhes importantes que, para alguns, passam despercebidos. Desse modo, nos envolvemos cada vez mais no enredo e no conflito do protagonista. Recomendo para qualquer um!

Leia também

4 comentários!

  1. Eu adoro o gênero, além de ser muito fã do Haley Joel Osment, esse gurizinho maravilhoso. Dá arrepios, mas eu amo!

    ResponderExcluir
  2. Posso assistir quantas vezes puder este filme e mesmo assim nunca cansarei... Muito bom!
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  3. esse foi o único filme q eu assisti e coloquei a mão na frente, com medo de levar susto shaushaush acho q eu tinha uns 10/11 anos qndo vi a primeira vez. Mas no meio do filme eu já tava tranquilo...filme mto bom!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons