Uma breve história sobre Napoleão

by - novembro 10, 2010

Bom, eu sou uma grande admiradora da história. Sempre gostei de praticamente tudo o que aprendi nessa matéria e espero continuar estudando e conhecendo muito mais. Por isso mesmo eu resolvi falar um pouco sobre uma das épocas que mais me interessam: o período napoleônico. É claro que não dá pra colocar tudo aqui, por isso apenas uma breve história sobre ele!





A época em que Napoleão viveu ficou conhecida como “Era Napoleônica”. Ocorreu logo depois da revolução francesa, que acabou com o Antigo Regime (fim da monarquia absolutista) e propunha um novo modo de governo. Depois de tentativas falhas de governo, houve a implantação do diretório, no qual o poder executivo passava a ser exercido por cinco membros; e o legislativo e o judiciário eram exercidos por dois conselhos: dos anciãos e dos quinhentos.

Napoleão, nascido na ilha de Córsega em 1769, entrou para o exército francês em 1792. Subiu no exército pelo sucesso de suas idéias, tendo sido responsável pela campanha da Itália (contra os austríacos) e do Egito (contra a Inglaterra).

Em 1799, por ter sido destaque no exército, Napoleão é escolhido para ir até o diretório e, ao notar que os membros não estavam aptos a governar, lidera o golpe 18 brumário, no qual depõe o diretório e implanta o regime do consulado. Nesse governo, existem 3 cônsules, sendo que o primeiro é o mais importante e assim por diante. Em 1802, através de um plebiscito, Napoleão consegue tornar-se cônsul vitalício e, depois de dois anos, seu cargo passa a ser hereditário.

Em 1799, no consulado, Napoleão fez uma constituição, na qual receberia poderes quase ilimitados, sob um suposto regime republicano. Aboliu o voto universal, o tornando censitário. O poder legislativo, composto pela assembléia dos 300 mudos, não tinha muito poder. Napoleão também assinou a paz de Amièns, tratado que impunha a paz na Europa.

Para agradar diferentes grupos sociais, Napoleão implantou o banco da França, que agradava a alta burguesia, o ensino médio e criou o código civil. Para os camponeses, realizou a concordata, acordo no qual restabelecia a paz com a igreja católica, desde que os bispos fossem indicados pelo governo.

Em 1803, a Inglaterra invadiu a ilha de Elba, para mostrar que não estava mais de acordo com a paz proposta. Com isso, Napoleão organizou um plebiscito para que fosse coroado imperador dos franceses, e foi aprovado.

Para conseguir enfraquecer a Inglaterra, Napoleão fez o bloqueio continental, no qual proibia qualquer outro país de ter relações comerciais com a Inglaterra. Como muitos países não aderiram, a França invadiu, começando pela península ibérica. Napoleão, então, invadiu a Rússia, e supostamente, a vence. Mas o inverno chegou e obrigou seu exército a voltar para a França.

Com isso, Paris foi tomada pela coligação anti-França, que obrigou Luís XVIII a aceitar o trono. Napoleão foi exilado na ilha de Elba, mas fugiu e voltou ao poder, exercendo umo governo de 100 dias. Reorganizou o exército e foi lutar em Waterloo, na Bélgica. Lá, foi vencido e exilado na Ilha de Santa Helena, onde morreu. Alguns dizem que foi envenenado, mas a versão oficial é a de que ele morreu de câncer.

Leia também

1 comentários!

  1. Interessante sua postagem...gostei de saber mais sobre um personagem real tão comentado...parabéns!!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons