O Destino de Tearling

by - agosto 24, 2018


Autor: Erika Johansen
Editora: Suma
Páginas: 360

Foto do blog Resenhando Sonhos
Sinopse: Desde que assumiu o trono de Tearling, Kelsey Glynn passou de princesa inexperiente a rainha destemida. Sua busca por justiça fez com que todo o reino mudasse com ela, mas quando os inimigos que fez ao longo do caminho ameaçam destruir seu povo, ela toma uma decisão inimaginável: se rende à Rainha Vermelha em troca de salvar Tearling. Sem as safiras, sem seus homens de confiança e trancafiada em Mortmesne, Kelsea precisa de novo recorrer ao passado, às experiências de mulheres que viveram antes dela, buscando em suas histórias a saída para uma situação impossível. O jogo está para terminar, e o futuro de Tearling será revelado de uma vez por todas. Com O Destino de Tearling, Erika Johansen traça o clímax inesquecível dessa aventura cheia de magia e emoção.

O Destino de Tearling é o desfecho a trilogia iniciada com A Rainha de Tearling, pelo qual eu me apaixonei perdidamente... Mas, infelizmente, esse livro foi uma grande decepção. Desde o segundo livro, minhas expectativas tinham diminuído, e nesse último só concluí que a trilogia não era nada do que eu esperava.

Como eu disse na resenha de A Invasão de Tearling, a autora seguiu caminhos que eu não esperava para a trama. Em O Destino de Tearling, tudo isso fica mais evidente... Cada vez mais, a autora recorre aos flashbacks para tentar resolver os problemas do agora, o que torna a leitura lenta e cansativa.

Para mim, tudo que deu errado nessa trilogia foram os acontecimentos pré-Travessia... Tirando todos os capítulos sobre isso do livro, a história se fecha do mesmo jeito, o que para mim só mostrou que foi tudo uma grande enrolação. Isso é tão óbvio que, quando se considera apenas o que acontece no "presente", temos uma história muito bem desenvolvida e instigante.

Ah, e tirando o final, é claro... Que foi frustrante! 

Eu realmente não gostei dos caminhos que a autora seguiu e gostei de verdade apenas do primeiro livro; o segundo é OK e o último é ainda menos prazeroso de se ler. O que é uma infelicidade, pois a autora escreve muito bem e criou personagens incríveis. Kelsea é uma das melhores personagens que já vi na vida, mas é protagonista de uma trama mal aproveitada.

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons