Na Estrada Jellicoe

by - janeiro 09, 2017

Nome: Na Estrada Jellicoe
Autora: Melina Marchetta
Editora: Seguinte
Páginas: 296


Quando tinha 11 anos, Taylor Markham foi abandonada na Estrada Jellicoe. Nos próximos anos, passou a viver no Internato Jellicoe, tornando-se líder de uma das Casas da escola e escolhida para liderar a escola nas Guerras Territoriais que se aproximam.  Na pequena cidade, uma vez por ano, é travada uma guerra entre os estudantes do internato; os citadinos, que estudam na cidade; e os cadetes, que acampam nos arredores da cidade nesse período.

Apesar de ter sido escolhida líder, Taylor tem muitos problemas para resolver ainda em sua vida pessoal. Um deles tem a ver com Hannah, a única adulta em quem confia - uma espécie de figura materna para ela - e que desaparece logo antes das guerras se iniciarem. Também precisa entender o que aconteceu com sua mãe, e o motivo pelo qual ela a abandonou ali. Além disso, precisa lidar com Jonah Griggs, o líder dos cadetes, com quem fugiu anos antes e que a conhece melhor do que ela gostaria.

Em busca de respostas, Taylor começa a ler um manuscrito deixado por Hannah, que conta a história de 5 garotos que teriam vivido ali anos antes, em uma vida ligada por tragédias e muita união: Narnie, Webb, Tate, Jude e Fitz. Assim como a protagonista encontra o manuscrito espalhado e fora de ordem, nós também o lemos da mesma maneira. O que nem Taylor nem o leitor sabe é quão forte é a relação entre essas pessoas e a situação em que vive atualmente.


Taylor começa o livro como uma personagem fechada, solitária e insegura, mas com o tempo, ela começa a se abrir e aceitar mais aquilo que lhe foi dado. Ela sempre foi acostumada com o pior, mas finalmente pareceu disposta a aceitar as coisas boas que lhe são dadas.

Os outros personagens também foram todos bem construídos. Gostei muito de conhecer realmente Hannah, os cinco garotos, aqueles que se tornaram amgos de Taylor e os que participam da guerra territorial mais ativamente.
Eu gostei muito do livro. Confesso que fiquei um pouco confusa até realmente me situar na história - também pelo fato do manuscrito de Hannah estar fora de ordem -, e só depois de alguns capítulos comecei a realmente entender o que estava acontecendo por ali. A autora solta a cada capítulo uma nova informação relevante sobre a história, o que me deixou com vontade de ler mais e mais, descobrir realmente o que aconteceu e o que está prestes a acontecer.

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons