The Bridge

by - maio 27, 2015


Logo na primeira cena, já sabemos o sentido em que o seriado vai se direcionar. Após uma queda de energia, um corpo é encontrado bem na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Um não: as pernas de uma prostituta mexicana, morta há mais de um ano, e o tronco e rosto de uma juíza americana, que lutava contra a imigração.

Mas quem deverá ser responsável pelo caso? Polícia americana e mexicana deverão unir forças para resolver esse problema, e conseguir conciliar uma polícia com muitos recursos e outra com vários defeitos. 


Sonya Cross, interpretada magnificamente por Diane Kruger, é a policial americana que trabalha no caso. Ela é uma personagem que dedica todo o seu tempo para a profissão, é direta, não consegue mentir, entende tudo de forma literal, é extremamente focada no que deve fazer, e não sabe lidar socialmente com as pessoas. Isso faz com que a personagem consiga agir de forma ótima no seu trabalho – e é incrível ver como a personagem, com sua forma peculiar de ser, consegue se relacionar com os outros personagens da série.

Marco Ruiz é o policial mexicano, que é o extremo oposto da nova parceira. Ele é aquele tipo de pessoa bem calorosa que realmente se importa com os outros. Isso não faz com que ele não exerça bem a sua função – mas ele tem outras prioridades na vida, ao contrário de Sonya, como sua grande família. É realmente impressionante o contraste entre os dois policiais.


Também conhecemos Charlotte Millwright, que, no momento do crime que dá início à série estava atravessando a fronteira em uma ambulância, já que seu marido acabara de sofrer um ataque cardíaco. Acompanhamos sua vida depois da morte do marido (e isso não é spoiler), quando ela descobre que ele escondia muito mais do que imaginava 

A série é um remake da série dinamarquesa Bron/ Broen, que tem o mesmo ponto de início e mostra a união das polícias dinarmaquesa e sueca para investigar o assassinato. The Bridge traz o seriado para o cenário americanos/ mexicano. O crime ocorre na fronteira de El Paso, no Texas, nos EU,A com Juarez, em Chihuahua, no México. A cidade mexicana é considerada a mais violenta do mundo – só para vocês terem uma ideia, cerca de 40 mil mulheres foram assassinadas desde 1985.


O seriado é muito bom. Passamos a primeira temporada inteira seguindo pistas daquele assassinato que ocorreu logo na primeira cena, conhecendo, por meio deste, as diferenças e os problemas sociais e econômicos que ficam claros entre os países.

Para quem se interessou, imagino que valha a pena assistir a versão original, dinamarquesa, e a versão franco-britânica, The Tunnel, em que o assassinato ocorre no eurotúnel. Eu, sem dúvidas, vou dar uma olhada quando tiver tempo!

Leia também

12 comentários!

  1. Oi! ^^
    Sou muito fã de séries de investigação e achei essa bem interessante. No momento estou tentando colocar as séries que eu assisto em dia (Grimm, Supernatural e OUAT - todas já estão em hiatus) e quero terminas de ver CSI, que infelizmente foi cancelada... Se conseguir terminar essa maratona, vou dar uma olhadinha em The Bridge!

    Beijussss;
    https://facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii! Eu acho que já vi comercial dessa série, mas nunca vi. Não sabia isso sobre a cidade no México, mas eu gostaria dessa série se fosse assistir, pois as únicas que vejo mesmo são de investigação. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Adoro séries policiais, gosto muito desse lance de investigação e afins.
    Já tinha ouvido falar da série, mas não sabia sobre o que se tratava.
    Curti bastante, obrigada pela dica!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  4. Série, pela resenha, fantástica. Amo séries do gênero, mas nunca tinha ouvido/lido falar sobre ela, mas com certeza já irei procurá-la. Ela parece ser do tipo que você formula na sua cabeça milhões de assassinos, procura pistas junto com os investigadores, se envolve com o elenco todo. Foi um bom lugar que eles resolveram gravá-la, pela história que já se passou lá. Obrigado por uma resenha sobre ela se não ficaria desconhecida por mim.

    ResponderExcluir
  5. Oi! A série parece ser ótima, adorei os personagens. Adoro séries policiais, investigativas, esse tipo de coisa, rs. O Marco Ruiz parece ser um personagem muito massa. Tô qrendo muito assistir.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti só o primeiro episódio e já faz um tempinho.
    Deu vontade de assistir só por ele e sua resenha aumentou um pouquinho a vontade.
    Espero conseguir assistir.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu sou viciada em seriados, mas esse eu não conhecia.
    Fiquei bem curiosa, adoro seriados policiais.
    Já vou procurar para assistir. Vlw pela dica!

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  8. Gostei da dica, adoro seriados investigativos, e este eu ainda não conhecia, por enquanto pretendo conferir só esta versão, mas quem sabe parto para as demais se curtir. Dica anotada.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Eu amo seriados policiais e não conhecia essa série ainda. Parece ser muito interessante por trazer duas visões: a americana e a mexicana. Vou procurar assistir o piloto porque fiquei curiosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Já tinha ouvido falar dessa série, mas não sabia que trazia um trabalho conjunto da polícia americana e mexicana. Adorei!
    Gosto muito de séries policiais, e sempre fico louca, tentando desvendar os casos.
    Adorei a dica
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. A série não faz muito o meu estilo, não curto muito essas tramas policiais, mas confesso que seria interessante ver como esses dois times policiais distintos contracenam juntos!

    ResponderExcluir
  12. Oiiê
    Essa série deve ser boa, não?! Depois do sucesso da trilogia Millenium, os países nórdicos estão na moda e é interessante ter contato com uma visão de mundo diferente.
    bjks

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons