Projeto 52 x 5: Mundo contemporâneo

by - fevereiro 07, 2015


E o projeto está quase chegando ao fim! Semana que vem será o último post e, sem dúvidas, é um dos meus favoritos! Agora, o tema dessa semana é sobre coisas que me incomodam no mundo contemporâneo! Vamos lá?

A dependência da tecnologia
Eu fico imaginando o que aconteceria se por um colapso toda a energia do mundo acabasse. Sem mais celulares, internet, blogs, nem nada desse estilo. É claro que a tecnologia é ótima para gente. Mas e a dependência que todos nós temos no nosso celular? E se um médico, que só aprendeu a fazer determinada coisa por conta da tecnologia, de repente se vê obrigado a clinicar sem ela? Difícil, heim? 

Necessidade de ser "O melhor"
Acho que para conseguir o que quer, a pessoa tem que ser 'a melhor' naquilo hoje em dia. Você precisa se esforçar demais para ser boa o suficiente para aquilo que quer. Por causa disso, todo mundo passa a ocupar seu tempo apenas com o que precisa fazer profissionalmente e acaba deixando a vida pessoal um pouco de lado. Sério, não pode isso! A vida profissional é importante, claro, mas não é a única coisa que é importante na vida! Isso também gera outro problema:

A diminuição da infância
Hoje em dia as pessoas estão tão preocupadas com o futuro que nem as crianças têm tempo de ser crianças. Elas têm que começar a fazer logo aulas de línguas (para assim, já ter tempo para ser fluente em algumas quando a hora chegar), ser boa em algum esporte e começar a pensar no que vai ser bom para seu futuro desde cedo. Não sei se é por isso, mas as crianças começam a amadurecer mais rápido. Ao invés de sair brincando de boneca até tarde, elas já começam a pensar em namoro, beijo e esse tipo de coisa muito antes do que isso poderia até passar pela minha cabeça!

Exposição excessiva e manipulação da verdade
Não basta fazer, tem que mostrar que fez. Isso ficou ainda mais forte com as redes sociais. Sabe aquela coisa que você odiou fazer semana passada? Você vai lá e posta no facebook uma foto como se tivesse sido a coisa mais legal do mundo! Além disso, todo mundo posta tudo no facebook - sem nenhum filtro. Isso pode ser até perigoso, gente.

Comecei a seguir o projeto por causa do blog La Vie d'Lee. Depois, vi que outros blogs também começaram a acompanhar! Não deixem de dar uma olhada no projeto da Dany, do A Thousand Lifetimesa Ana, do Roendo Livros, a Carla, do Depois que eu Mudei e a Roberta, do Livros e Cores

Leia também

2 comentários!

  1. Oi Dea, tudo bem?

    Com certeza a diminuição da infancia é algo totalmente chocante. Hoje eu vi um vídeo que o Luciano Huck compartilhou de uma menininha chorando porque tinha acabado a bateria do celular. Uma menina que nem sabia falar direito, devia ter uns 4 anos no máximo. Okay que hoje em dia é difícil afastar 100% as crianças da tecnologia, mas elas tem que brincar de boneca, construir casinha, fazer castelo de areia, ocasionalmente torcer o braço em uma brincadeira com os amigos... isso é infancia

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu as vezes páro pra pensar a que ponto chegamos. Crianças hoje em dia já estão namorando, beijando, fazendo sexo, grudadas 24h no celular. Outro dia minha mãe queria dar um tablet para a neta dela de 3 anos. Uma criança de 3 anos vai fazer o que com o tablet, gzus? Sei lá, dá um desgosto ver essas coisas... Sem contar que, exatamente como você falou, tem isso de ~ser o melhor~ e a manipulação das coisas na internet. As pessoas se esquecem que só estão vendo uma parte (geralmente feliz) da vida de quem posta as fotos, dai ficando achando que suas próprias vidas são uma droga e nunca tão legais... Triste.

    Mas, ainda assim, eu tenho esperanças...

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons