Dicas para viajar barato pela Europa

by - novembro 14, 2014

Oi, gente!

Vocês devem ter percebido que eu ando viajando bastante nos últimos meses. Como estou no morando em Portugal, resolvi aproveitar que estou na Europa para conhecer alguns lugares que sempre quis ir! E, para isso, nada melhor do que viajar bem e barato, certo? Por isso, resolvi dar umas dicas para vocês que querem conhecer a Europa, mas, como eu, não se podem dar ao luxo de extrapolar no dinheiro! 



Viaje por companhias aéreas low cost
Você consegue encontrar vôos entre as cidades por valores bem baixos - chegando a até 15 euros! Para isso, quando estiver planejando sua viagem pela Europa, entre com frequência nos site das companhias aéreas baratas - como Ryanair, Easyjet, Transavia e Vueling - e compre com antecedência: os preços mudam muito rápido (uma vez, comprei uma passagem para viajar junto com uma amiga e, quando ela foi comprar, mais tarde no mesmo dia, a passagem já estava alguns euros mais cara!). Mas tome cuidado: nessas companhias, você só pode levar mala de mão (mas permitem bagagem de porão, se você pagar mais). Então, antes de ir, confira no site da companhia aérea quais bagagens são permitidas! A Ryanair, por exemplo, permite uma mala de mão de até 10kg e um 'acessório pessoal' menor (que pode ser uma bolsa, por exemplo). A Transavia, por outro lado, só uma mala de mão de 8kg.

Se hospede em hostels
Os hostels são uma ótima opção, principalmente para jovens. Os preços variam de 12 a 40 euros, geralmente, dependendo da cidade e das condições do quarto. O legal é que, estando cheio de pessoas  na mesma situação que você, é um ótimo lugar para fazer amigos! Mas sempre procure um hostel confiável, onde algum conhecido já se hospedou. Eu recomendo os hostels da 'World Famous Hostels' ou Generator, que costumam ser bons e que oferecem bastante vantagens aos hóspedes. Quando não tenho nenhum conhecido que tenha se hospedado na cidade, também costumo pesquisar no Hostelworld, que tem classificações dos usuários para os hostels e onde é possível fazer a reserva sem pagar taxas.

Tente o CouchSurfing
Eu confesso, não tive coragem de fazer isso. Mas tenho amigos que fizeram e gostaram da experiência. Funciona da seguinte maneira: você se cadastra no site, procura alguém que more na cidade em que você quer visitar e vê se ela pode te acolher na casa dela - assim, de graça! O legal desse tipo de viagem é que você acaba fazendo uma amizade local que pode te mostrar lugares que não são turísticos, frequentados pelos verdadeiros moradores daquela cidade! Com certeza vale a pena - só precisa ter coragem para ficar na casa de um desconhecido assim, sempre é bom ir atrás do confiável, né?

Encontre o Supermercado
Quer economizar? Vá ao supermercado! Lá os preços são sempre mais baratos - e você encontra comidas e marcas locais que, possivelmente, não encontraria nos restaurantes turísticos. Em uma das viagens que fiz, passei no supermercado logo no primeiro dia - e comprei o suficiente para fazer um sanduíche de almoço nos próximos dias! Se ficar hospedado em hostels, normalmente tem uma cozinha para você preparar a sua própria comida - e isso ajuda bastante o nosso bolso! Se você quiser comer mesmo em restaurantes durante a sua estadia, sempre é bom passar no super mercado para comprar uma garrafinha de água ou qualquer bebida (que e beeeem mais barata por la) ou um lanchinho para matar a fome no meio da tarde!

Controle seu dinheiro
Quando eu viajo, costumo levar uma quantia certa de dinheiro. E tento me controlar para não gastar demais. e, para isso, costumo usar aplicativos de celular, como o Guia de Bolso! Além disso, costumo dividir a quantia de dinheiro que levei pelo número de dias que eu vou ficar no lugar, para não extrapolar: se eu gastei mais em um dia, no outro preciso gastar menos. Mesmo assim, é sempre bom levar um pouco mais do que você pretende gastar, só para emergências - mas, preste atenção, nunca conte com esse dinheiro para as atividades que você planeja fazer, é só um extra para ficar ali paradinho!

Espero que as dicas tenham ajudado! Se gostarem desse tipo de post, me avisem que posso fazer mais!

Leia também

4 comentários!

  1. Oi, Deia.
    Dicas super válidas *-*
    Eu não sabia que você estava morando fora, menina. Que legal. Eu já pensei em ser Au Pair nos Estados unidos para poder viajar por lá. Mas, acabei me enrolando.
    Hostels é uma dica super válida. São bem mais baratos né. Já ouvi falar em algo parecido com o CouchSurfing, mas que você tinha que pagar. Mas era BEEEEEM mais barato, só que aí você dormiria na bicama ou no sofá.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena que não deu certo seu intercâmbio! Não deixa de correr atrás, vale muito a pena!
      Talvez esse parecido com o CouchSurfing seja o AirBnb, será? Você paga um valor e fica hospedado na casa da pessoa! Acho bem legal também!
      Beijos!

      Excluir
  2. Aw, que dicas valiosas. *-*
    Meu sonho é fazer um mochilão pela Europa. Se um dia eu conseguir realizá-lo, essas dicas acharão sua utilidade, haha.

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz o mochilãão, Nayh!! *-* Vale muito a pena!
      Mas só vou falar uma coisa: hoje, se você quiser pegar esses voos bem baratos, o mochilão vira malinha, sério! Essas cias aéreas só permitem 1 bagagem de no máximo 10kg! :o É beeeem difícil caber uma viagem inteira dentro dessas malinhas, posso te dizer hahahaha
      O trem, por outro lado, é mais caro, mas deixa você levar o mochilão hahaha
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons