Infinity Ring: Um Motim no Tempo

by - outubro 18, 2014

Nome: Infinity Ring: Um Motim no Tempo
Autor: James Dashner
Editora: Seguinte
Páginas: 248


O mundo está quase entrando em um cataclismo. Terremotos, furacões e outros desastres naturais são comuns nessa era comandada pela SQ. Todos esses desastres são resultados das fraturas que ocorreram ao longo dos anos, ou seja, são resultados de eventos históricos que não ocorreram da forma como deveriam. Essas mudanças na história também afetam o psicológico de cada um: por conta delas, muita gente tem reminiscências, um sentimento triste em que a pessoa sente falta de algo que nunca teve. E, além disso, as fraturas foram essenciais para que a SQ chegasse exatamente onde estava.

Os Guardiões da História são um grupo - criado por ninguém menos que Aristóteles - que tem como função corrigir as fraturas existentes até então. O problema é que, para isso, precisariam de um dispositivo para viajarem no tempo. Assim, acompanham secretamente vários cientistas - entre eles os Smyths -, tentando mante-los longe dos olhos da SQ, que faria de tudo para impedir que o passado fosse corrigido.

Dak e Sera estão no ensino fundamental e são melhores amigos desde que se conhecem como gente, e ambos são gênios. Dak conhece cada evento histórico de cor e salteado; Sera tem os conhecimentos mais profundos de física, como se já tivesse até doutorado na área.

Dak é o filho dos Smyths, e jamais imaginaria no que seus pais estavam trabalhando. Um belo dia, consegue a chave para o laboratório deles, e resolve levar a melhor amiga para fazer uma visita lá. É aí que encontram o Anel do Infinito, um projeto quase finalizado que é, na verdade, um dispositivo de viagem no tempo. Com seus conhecimentos, Sera consegue encontrar o que estava faltando para a máquina começar a funcionar.

Depois de testar o anel, por algum equívoco, os pais de Dak se perdem no meio do tempo. Enquanto isso, ele e Sera voltam ao presente e são surpreendidos pelos Guardiões da História. É então que recebem a missão de voltar ao tempo, corrigir as fraturas e fazer com que o mundo volte ao seu rumo. Para isso, receberão a ajuda de Riq, um adolescente especialista em línguas, e um leitor eletrônico que dará as pistas para que consigam chegar nos destinos corretos.

O primeiro destino é a Espanha. Eles devem garantir que a América seja descoberta por Cristóvão Colombo. Para isso, terão que driblar os Guardiões do Tempo - que trabalham para a SQ -, se infiltrar na nau do descobrimento e, ainda, evitar um motim! Será que vão conseguir cumprir sua missão?


Quando descobri que o livro relacionava viagem no tempo com eventos históricos, já coloquei na lista dos desejados! Assim que recebi o livro, ele pulou rapidinho para o primeiro da fila - não tinha como não ler logo!

Eu gostei bastante dos personagens, apesar de acha-los um pouco prodígios demais (com 5 anos, a Sera ja estava estudando fisica... Tipo, oi???). A relação entre Dak e Sera e bem construída – e dá para entender bem o motivo dos dois serem tão amigos, apesar dos interesses diferentes. Riq também é um personagem interessante – e consegue entrar (quase) bem entre os dois amigos. Além disso, confesso que fiquei morrendo de vontade de ter a mesma habilidade dele: ele tem muita facilidade em aprender novas línguas (e isso com certeza me ajudaria, já que eu quero ser poliglota haha).

Viajar no tempo junto com eles foi uma ótima experiencia! Assim como Dak, eu fiquei mais do que animada em sentir a história na minha própria pele, ver como as coisas como eram, a roupa que vestiam e, ainda, conhecer personalidades como Cristóvão Colombo!

Eu com certeza recomendo o livro! Ele tem uma leitura bem gostosa, nos da vontade de conhecer melhor cada personagem e viajar para todos os cantos do tempo e do mundo com eles! O livro e infanto-juvenil, mas acho que, pelo historia, todos deveriam ler!

Leia também

10 comentários!

  1. Desde quando li sobre esse livro pela primeira vez, ele está na minha lista de desejados. Uma pena ter perdido todas as promoções em que ele estava incluído :(((
    Mas, poxa... 5 anos e estudando física? É demais, olha. Hahahah. E eu me incomodava com personagens de 7 falando como adultos!
    Ainda assim, quero ler esse livro!
    Abraços~

    ResponderExcluir
  2. Oi, Andrea!

    Nossa, eu não sabia que a série Ring era do James Dashner! Estou com Maze Runner aqui para ler e espero muito do livro, já que assisti a adaptação e achei fantástica. Agora, sabendo que esse livro também é do James, já o adicionei na lista de futuras compras! Adorei a resenha ;)

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andrea!

    Nossa que capa linda, só por essa capa o livro já vale a pena. ^^
    Nunca li nada de James Dashner, mas fica a dica ai para eu começar a ler,Adorei a resenha ;)

    Até mais,

    Jéssica Barbosa- http://livrosseriesemelodias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai, não sei não...
    A história parece ser muito legal e tem tudo pra dar certo, mas pelo que você falou ai os personagens parecem ser forçados. D:
    Tinha visto esse livro numa livraria e achei a capa bonita, mas nem li a sinopse e achei que era algum livro sobre robôs e futuro, hahahaha.

    Talvez, se aparecer a chance, eu leia. :P

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir
  5. Oi Andrea!

    Ganhei o 01º e 02º livro da Editora Seguinte e até o momento 07 livros foram lançados, mas traduzidos, por enquanto são 05. James Dashner escreveu o 01º e o 07°, sendo os outros de vários autores. Estou com essa série na minha lista de leitura e pelo que pesquisei, a série completa terá 12 livros.

    http://cervejasecheesecakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Agora com as constantes promoções fica fácil comprar os livros e aguardar os próximos lançamentos, a mistura de fatos históricos com viagem no tempo ao lado de personagens marcantes deve fazer dessa série uma das melhores do gênero, poder ver os desafios que os jovens terão de enfrentar para consertar os erros do passado e ter um futuro, tomará que a narrativa se mantenha ágil nas sequências mesmo sendo escritas por autores diferentes.

    ResponderExcluir
  7. Sou tipo de pessoa que gosta muito de livros de aventuras, recheadas de fatos históricos por isso acho que esta obra e mais do perfeita!
    Esta leitura sem parece ser agradável e quem ler certamente fica curiosa pra conhece o segundo livro!

    ResponderExcluir
  8. Já tinha vi o livro na livraria e li a sinopse dele, achei bem interessante mas não comprei. Essa é a primeira resenha dele que leio e achei mais interessante ainda, só não entendi uma coisa, o que significa SQ?
    Essa luta constante entre os Guardiões da História e os Guardiões do Tempo parece boa tbm, ainda mais pq um desses grupos foi criado por Aristóteles.
    Esse Anel do Infinito que controla o tempo parece uma das Jóias do Infinito do Universo Marvel (Cuidado pro Thanos não aparecer querendo ela rsrsrsrs...).
    Eu chei a proposta desse primeiro livro muito boa, de garantir que Colombo descubra a América, creio que comprarei esse livro :D
    Abraços

    http://newworldbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Taí eu que eu nem imaginava que este livro se tratava desse tipo de história, gostei é meio apocaliptico e gosto desse cenário pra histórias, e com volta no tempo fica melhor ainda, e ainda tem o Aristoteles. Interessante.

    ResponderExcluir
  10. Realmente viajem no tempo é um tema bem interessante, e concordo com você, se eu com 20 anos na cara não consigo aprender física imagina uma criança de 5 anos, é muita loucura, rs.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons