A Viagem

by - novembro 25, 2013

Outro dia vi uma lista na Super Interessante sobre 7 livros que era de difícil tradução para o português. Um dos livros me chamou a atenção: Cloud Atlas, um livro que conta seis histórias que ocorrem em épocas e países distintos, mas são interligados entre si. Cada história é contada pelo protagonista da próxima história - mas são todas cortadas no meio. Só depois de contar metade de cada história, voltamos para o começo e descobrimos como cada uma delas terminou. 

Eu, super curiosa quanto ao livro, descobri que ele já tinha sido transformado em filme - e com Tom Hanks (Código da Vinci), Halle Berry (X-Men), Hugo Weaving (O Hobbit) e Hugh Grant (Notting Hill) no elenco! 


1850. Adam Weing é enviado para os EUA pela família para negociar e comprar novos escravos. No caminho de volta para Inglaterra, de navio, ele descobre que está com vermes - e conta com a ajuda de Henry Goose, um médico, para o salvar. É aí que faz amizade com um escravo, que estava fugindo num navio.

1930, Inglaterra. Robert Frobisher é um filho de uma família rica que foi deserdado por causa de seus gostos (ele era gay e tinha, inclusive, um namorado). Ele consegue emprego com Vyvyan, que considera um dos maiores compositores de sua época. Lá, ele ajuda o compositor, que já é idoso, e aproveita para melhorar suas técnicas.

1970, EUA. Luisa Rey é uma jornalista de revista de fofocas que sonha em ser algo mais. Conhece Rufus Sixmith quando o elevador em que estavam quebra. Ele tem informações importantes relacionadas à falhas no projeto da construção de um reator nuclear.

2012, Inglaterra. Timothy Cavendish é dono de uma pequena editora - e lançou um livro que não parece ser sinônimo de sucesso. Tudo muda quando o autor de tal livro mata um de seus críticos, fazendo com que as vendas do livro estourem. E é a partir daí que sua vida muda totalmente.

2144, Nova Seul. Sonmi-451 é um ser humano criado para trabalhar num restaurante fast food e fazer tudo da mesma maneira sempre. Seu sonho, assim como de todas os clones, é de finalmente ser liberta. Um dia, porém, é levada por outro clone para burlar as regras - e desfrutar do achados e perdidos, que mostra um pouco de como é o mundo lá fora. É então que começa a fazer algo diferente de todos os clones: pensar por si própria.

2321, A Vila. O mundo agora parece voltar ao passado: o grupo mais avançado vive em uma espécie de tribo, cheio de pinturas pelo corpo, morrem de medo de serem pegos pelo grupo canibal, e veneram uma deusa: Sonmi-451. 2 vezes por ano, a vila recebe visita de um grupo mais evoluído. Numa dessas visitas, Zachry, um dos líderes da tribo, vê sua vida mudar totalmente quando Meronym, que vem do grupo evoluído, pede para se hospedar em sua casa.


Eu gostei bastante do filme, mas achei que ele foi muito comprido. A ideia é ótima: ver como uma história se entrelaça com a outra e como cada personagem se torna importante na próxima história. Também gostei muito da ideia dos diretores (são 3!) em colocar os mesmos atores para interpretar diferentes personagens ao longo dos anos! Gostei bastante de tentar reconhecer quem era qual ator em cada época - as maquiagens ficaram ótimas!

Algo que me cansou um pouco foi a intercalação constante entre as histórias. Ao invés de contar metade de uma história e depois voltar para terminar, a história foi separada em diversos pedacinhos que foram espalhados pelas 2h50 de filme. No começo, foi difícil de acompanhar, mas depois essa demora em voltar para cada história me deixava cada vez mais curiosa para saber o que tinha acontecido na história anterior! O filme fica realmente legal quando começamos a encaixar uma história na outra - ver como um personagem influencia na vida do outro.

Eu gostei bastante do filme e recomendo para todos que gostarem de ter a mente desafiada. Se você quiser um filme para pensar um pouco mais e testar sua memória, essa é uma ótima opção! 

Leia também

12 comentários!

  1. Ei! Gostei!
    Não sabia desse filme!
    Vou querer assistir
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Adicionei na lista do filmow! Gosto de histórias interligadas. Adorei a escolha dos atores: Hugh Grant e Tom Hanks são excelentes atores.
    Meu Filme virou Livro

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti esse filme e não entendi muito bem, vou rever para ver se entendo

    l-ovelythings.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ficar bem atenta para entender esse filme!

      Excluir
  4. Nossa, confesso que vi esse filme 3 vezes e não entendi, rsrs... Agora, depois de ler esse post, vou tentar novamente, rsrs... Quem sabe?

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ficar realmente atento para entender esse filme! hahahah

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas como sou meia lerda pra filmes complicados acho que não ia me perder entre as histórias e ia acabar não entendendo nada rsrsrs Mas confesso que fiquei curiosa com a história, quem sabe eu não decido ver com alguma pessoa mais inteligente que possa me explicar as coisas rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha
      Tem que ficar realmente atenta para entender esse filme! Se não prestar atenção o tempo todo, você não entende!
      Beijo!

      Excluir
  6. Oi Andrea, ainda não conhecia o filme, mas seus comentários me deixaram mesmo muito curiosa! Confesso que sou um pouco preguiçosa para filmes que exigem um pouco mais de atenção assim, mas isso das partes se encaixarem no final parece ser tão bonito que eu seria capaz de prestar toda atenção do mundo! Hahahaha
    Muito bonito o trailer, inclusive! :D

    Beijinhos! www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena assistir, mas não dá para ter preguiça não! ahahaha
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons