O Diário de uma Paixão

by - agosto 28, 2013

Nome: O Diário de uma Paixão/ The Notebook
Autor: Nicholas Sparks

Eu já tinha lido alguns livros do Nicholas Sparks e quase sempre vejo a mesma coisa: um casal apaixonado e uma tragédia. Nem sempre a tragédia é com o casal, mas muitas vezes por causa dela, o casal não fica junto no final. 

Allie e Noah passaram o melhor verão de suas vidas há muito tempo atrás. Ela, com 14 anos e ele, com 17. Eles se apaixonaram como nunca imaginaram ser possível. Infelizmente, a mãe dela não achava que o garoto era bom o suficiente para a filha: sua família não era uma das tradicionais da Carolina do Sul. 

Cada um seguiu com a sua vida. Ela fez faculdade de arte e ficou noiva de um advogado que era apaixonado por ela e cuja família tinha nome. Ele, por sua vez, foi para perto de Nova York, conseguiu fazer dinheiro e, depois, se alistou para a guerra, indo lutar na Europa. 

Com o fim da guerra, Noah voltou para New Bern, sua cidade natal, e comprou a casa que ele prometera a Allie, naquele verão longínquo, e a reformou. A moça, ao ler a notícia da reforma da casa em um jornal, mesmo estando a três semanas de seu casamento, sentiu que precisava visitar seu amor de verão. E, é claro, assim os dois se reencontram, voltam a sentir o amor que sempre existiu entre eles. Mas será que ela vai desisti da vida que formou para reviver o amor da adolescência?


Eu gostei bastante do livro. Confesso que no início fiquei um pouco com raiva da Allie. Por que ela iria até New Bern, dar esperanças para o pobre do Noah, que sempre caiu de amores por ela - e não tem ninguém que possa trazer a metade da felicidade que ela trouxe para ele verões atrás -, e depois voltar a ficar com seu noivo. E eu sentia que ela faria isso, mesmo sabendo que deveria ficar com Noah, a quem ela realmente amava. 

Também gostei de ver o amor que Noah sente por Allie. É realmente um amor infinito, sem procedentes e sem nenhuma razão que não fosse a verdadeira e eterna paixão entre os dois. Recomendado para quem gostar de Nicholas Sparks e de livros de romance! Agora só falta ver o filme!

Onde encontrar? Saraiva | Submarino | Cultura | Fnac

Leia também

8 comentários!

  1. Eu não li o livro, mas adorei o filme, inclusive é um dos meus preferidos!

    Os filmes são sempre inferiores aos livros, então acredito que eu iria gostar ainda mais do livro!

    Um beijo, Fran!
    www.blogdaruiva.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gostou do filme, leia o livro que eu sei que você vai adorar!
      Beijos!

      Excluir
  2. Ainda não li nenhum livro do Nicholas, mas estou curiosa para ler, pq só vejo opiniões extremas sobre eles (amo/odeio). Eu tenho (ainda não li) o Um Porto Seguro, porque me apaixonei demais pelo livro!
    Já viu? :)

    tatimunhoz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu não amo nem odeio. Eu só gosto hahahaha Eu ainda não vi o filme de "Um Porto Seguro", mas tenho o livro em inglês aqui na minha estante! Eu prefiro ler os livros dele antes de ver os filme =B
      Beijos!

      Excluir
  3. Ainda não li, mas esse é o único livro do Sparks que tenho vontade de ler, já que sou completamente fã do filme!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, se você gostou do filme, vai gostar do livro!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olha, o livro eu ainda não li....Mas o filme é lindíssimo, choro sempre que assisto! rsrs BJOS!

    http://diariodabrunet.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você chorou com o filme, pode ter certeza que vai chorar com o livro! hahah Eu achei muito fofa a história!
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons