Grande Gatsby

by - junho 27, 2013


Vou ser bem sincera com vocês. Eu tinha expectativas altas em relação à esse filme. O trailer me mostrava aqueles cenários maravilhosos, as roupas impecáveis e Leonardo DiCaprio. Tinha como o filme ser ruim? Eu me decepcionei. O filme não é ruim, mas não atingiu as expectativas que criei quando fui ao cinema assisti-lo!

Nick Carraway é um escritor formado em Yale, que resolveu tentar sua sorte na bolsa de valores de Nova York. A época é logo antes da grande depressão, quando os Estados Unidos viam na bolsa a salvação de suas vidas, esbanjavam dinheiro e gastavam adoidado. Como não tinha dinheiro para comprar um apartamento em Manhattan, comprou uma pequena casa entre as mansões de Long Island. 

Morava em frente a um lago e, do outro lado, vivia sua prima, Daisy Buchanan. A moça casou-se com Tom, um homem que demonstrava grande interesse em qualquer coisa que não fosse sua mulher. No meio de jantares, inclusive, recebia ligações de sua amante e sempre que possível saía para visita-la. 

Nick vivia obcecado por seu vizinho, um desconhecido que dava festas maravilhosas todo final de semana. Toda a população de Nova York estava lá - de mafiosos a policiais; de operários a grandes investidores da bolsa. A festa era o local onde qualquer um queria estar. E, é claro, todos especulavam sobre o anfitrião, que poucos realmente conheciam: Gatsby. Quem era aquele desconhecido? Um herói de guerra? Um mafioso? De onde vinha sua riqueza? De família?

Quando vi o trailer, achei que o filme girava em torno de Gatsby e sua real identidade. Mas isso passou rapidamente e esse mistério não era a principal trama. Sua vida foi explicada rapidamente em um momento do filme. 

Acontece que Gatsby dava aquelas festas todo final de semana com apenas um objetivo: atrair Daisy, sua namorada antiga a quem abandonou quando foi convocado para a guerra. E, ao descobrir que seu vizinho Nick era seu primo, encontrou nele uma chance de se reaproximar da moça. Nick, mesmo percebendo o interesse do vizinho, concordou: idolatrava Gatsby e tudo o que ele fazia.


O filme é bom, não vou dizer que não é. Eu só esperava mais. Achei a história meio boba para toda a repercussão que o filme estava dando. Mesmo assim, o cenário é realmente maravilhoso e o figurino é fantástico! Também gostei bastante da trilha sonora: pegaram músicas atuais e adaptaram para parecer antiga (Beyoncé, Lana del Rey e Gotye arrasariam nos anos 20!). Vale a pena assistir, mas não faria desse filme uma prioridade entre os que estão em cartaz!

Leia também

4 comentários!

  1. Eu não fiquei com muita vontade de ver esse filma não , sabe sei lá.. Algo meu mesmo ...

    Bjs

    http://simplesmenteanass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi muito falar do livro, ao que parece, trata-se do "American Way of Living", leitura obrigatoria nos EUA kkk Mas particularmente, depois de ver o trailer e alguns especiais que passaram no canal Warner, não me impressionei muito para querer ver o filme...

    Parabéns pelo post! Sucesso :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso! Como tudo parecia ser perfeito! O cenário e figurino são lindos! Mas a história realmente não é muito atraente!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons