Top 5: personalidades viveram na pele do sexo oposto!

by - abril 25, 2013

Hoje em dia, discute-se muito a mudança de sexo. Apesar da discussão estar presente nos dias de hoje, as pessoas já passam  a agir como se tivessem outro sexo há muito tempo. Que tal conhecer algumas pessoas que viveram na pele do sexo oposto e conhecer um pouco dos motivos e de sua vida? 




1. Billy Tipton
Após ter sido proibida de tocar na banda de sua escola de jazz, Dorothy Tipton resolveu se travestir. Aos poucos, deixou de ser a garota e passou a ser tratada como Billy, inclusive na sua vida pessoal. Apenas alguns de seus antigos familiares sabiam da verdade.  Ao longo de sua vida, manteve relacionamentos duradouros com cinco mulheres. Dizia a elas que sofrera um acidente que mutilara suas partes internas.

Ele fez sucesso no jazz entre os anos 30 e 60 e a verdade só veio a público com a sua morte, quando ele tinha 74 anos, surpreendendo a todos.

2. Teena Brandon
Quando criança, a menina sofria preconceito por ser masculinizada e era abusada por um de seus parentes. Por isso, resolveu começar uma nova vida, como Richardson Country, em outra cidade. Lá, fez amizade com dois ex-condenados e, ainda, começou a namorar uma mulher. Sua identidade foi descoberta quando foi presa, em uma penitenciária feminina, e sua namorada foi pagar a fiança.

O namoro acabou, os ex-condenados, sentindo-se enganados, estupraram a moça e, depois dela tê-los denunciado na polícia, foi assassinada. Um de seus amigos foi condenado a morte e o outro à prisão perpétua.

Está curioso? Em 1999, o filme foi levado ao cinema, com o título de "Meninos não choram" e tendo Hillary Swank como Teena em um papel que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz principal!

3. Shi Pei Pu
Para obter documentos oficiais da embaixada francesa, o cantor chinês Shi Pei Pu, com 20 anos e vestido de homem, disse ao embaixador da França em Pequim que era uma cantora francesa que foi obrigada pelo pai a viver como homem. O embaixador acreditou na mentira e levou o chinês para que tivessem uma relação sexual - e ele não desconfiou de nada. Os dois começaram a ter um caso.

Depois de um tempo, o cantor teve êxito em obter os documentos e, ainda, convenceu o embaixador que estava grávida. Depois de algum tempo, a transferência de papeis foi descoberta e os dois acusados de espionagem. Shi teve seu segredo revelado - e o embaixador  tentou o suicídio. Os dois foram absolvidos.

4. Brita Nilsdotter
Essa história me lembrou de Mulan. Brita, uma sueca, casou com um soldado. Pouco tempo após o casamento, ele foi convocado para servir na guerra. Com saudades, a mulher se vestiu de homem e lutou como fuzileiro naval em mais de uma batalha.

O casal se reencontrou no front e voltaram a se encontrar, escondidos. A soldada só foi descoberta quando foi ferida. Após a guerra, sua coragem foi reconhecida: Brita ganhou uma pensão, recebeu uma medalha de bravura e, ainda, teve um funeral militar.

5. Margaret Ann Bulkley
O sonho de Margaret era trabalhar como médica. Porém, para que isso fosse possível, ela teria de viver como se fosse homem. Assim, com o nome de James Barry, entrou para o exército britânico, serviu na África do Sul e na Índia - sendo o médico que fez a primeira cesariana bem-sucedida na África. Ela morreu em 1865 e foi sua faxineira quem descobriu que era uma mulher.

Eu vi aqui!

Leia também

2 comentários!

  1. Ameii o post, acho divertido quando as celebridades fazem isso!!!

    bju

    www.borboletamaquiada.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Andreaa adorei o post, muito interessante, pois nem toda história é somente história, realmente existiram mulheres que viveram na pele de homens, e a foto a Kate é incrível! Só acho que na lista também deveria ter Joana D'Arc já que ela lutou como homem...
    Enfim, adorei.
    Beijinhoos
    Becca

    www.temosmuitomaispradizer.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons