Caçador de Pipas

by - fevereiro 18, 2013

Nome: Caçador de Pipas

Autor: Khaled Hosseini
Editora: Nova Fronteira

"Por você, faria isso mil vezes"

Eu li esse livro quando ele ainda estava na lista dos best-sellers e, mesmo não tendo tanto conhecimento sobre os acontecimentos e a vida das pessoas no Afeganistão, gostei muito do livro. Eu chorei, fiquei com raiva, fiquei feliz, quis que tudo tivesse sido diferente. Pena que não foi assim que aconteceu.


O livro narra a história de Amir, um garoto afegão de uma casta superior, e sua relação com Hassan, de casta inferior que era filho do caseiro. O garoto sempre teve dificuldade em se relacionar com o pai (a quem chama de Baba), já que ele nunca foi do modo que este queria - ele não agia com coragem e valentia.

A pipa representa um momento que Amir poderia mostrar algo que seu pai aprovasse. Caso ele vencesse o torneio de pipas, Baba se orgulharia dele. E é nesse momento que vemos mais um ato de lealdade e o amor de Hassan com o amigo - e talvez o mais importante.

Isso, pois, é esse o momento beco. Hassan, feliz em conseguir pegar a pipa que Amir tanto queria, correu atrás dela pela cidade toda - e foi encontrá-la em um beco. Amir o seguiu, mas, quando chegou no local onde o amigo estava, ele estava sendo atacado por Assef, que o violentou. Amir foi covarde e não fez nada para impedir (ao contrário do que Hassan faria). Depois desse episódio, a relação dos dois amigos se tornaria difícil e muito instável.

Quando a guerra do Talibã contra os russos estourou, Amir fugiu com Baba para o Paquistão e, então, para os Estados Unidos. Lá, o garoto começa uma vida nova, sempre se perguntando o que poderia ter acontecido com seu antigo companheiro. E tudo muda quando recebe uma ligação que o faz voltar para seu país de origem.



O livro é emocionante. É impossível não sentir oscilações sobre cada momento do livro e sobre cada coisa que acontece com os personagens principais. O autor consegue fazer com que cada leitor sinta as inseguranças de Amir, a personalidade leal de Hassan, e a relação única entre os dois.

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons