Edgar Allan Poe

by - maio 27, 2012


Hoje vou falar de um autor muito reconhecido internacionalmente, que foi um dos criadores dos gêneros policiar e thriller. Sim, é ele: Edgar Allan Poe.

Poe era filho de dois atores, que morreram enquanto ainda era criança, e cresceu com uma família adotiva, que lhe forneceu o melhor estudo possível. Na universidade, destacava-se por sua inteligência e, ao mesmo tempo, por seu temperamento - que o levou a ser expulso.

Após a morte de sua mãe adotiva, seu pai adotivo casou-se e teve dois filhos, o que o impediu de ficar com o dinheiro da família. Mesmo assim, ao vencer alguns concursos de contos e poesias, conseguiu se manter economicamente. 

Com isso, foi convidado para dirigir uma revista, na qual pode exibir seu talento. Nesse período, casou-se com Virgínia Clemm. Dois anos após, devido à relação com o alcoolismo, Poe foi demitido do emprego, passando a produzir como freelancer, sem conseguir receber o suficiente para continuar a viver a vida que levava. 

Para piorar o problema, sua mulher morreu - fazendo com que bebesse ainda mais e começasse a delirar. Logo antes de sua morte, foi encontrado em uma praça, delirando, chamando por "Reynolds" - não se sabe o que aconteceu naquela noite.


Conheci Poe por meio de seu conto, "O Gato Preto". Confesso que quando li pela primeira vez fiquei perturbada com a história e, ao mesmo tempo, curiosa para procurar outros contos do autor. O autor, além de contos também escreveu poesias, sendo que ficou mundialmente reconhecido por "O corvo". O autor é conhecido por ser sombrio, escrevendo poemas e contos como os que citei acima. Inclusive lançaram agora um filme sobre ele, no qual fazem uma suposição sobre sua morte - e, depois de assisti-lo, lembrei do interesse que tenho sobre o autor e resolvi postar um pouco sobre ele aqui!


Para saber mais: [1] (alguns contos dele estão disponíveis aqui!), [2], [3]



Leia também

1 comentários!

  1. Li alguns contos do Poe e gosto muito do jeito que ele escreve. Não conhecia muito da literatuta dele, então nisso o post foi bem útil. Vou ler os contos que você indicou.
    Beijos :*

    Francielle
    The Serial Reader
    http://theserialreader.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons