3 de setembro de 2008

Ritual de Ashura



O ritual religioso de Ashura comemora a morte do imã Hussein, neto de Maomé e filho de Ali, a figura mais reverenciada do islamismo xiita. Esse dia também é comemorado por ser o dia em que Noé saiu da arca e o dia em que Moisés foi salvo por Alá dos egípcios .

Husseis foi morto em uma batalha contra os que viriam a ser os sunistas. A derrota mostrou que os xiitas realmente eram minoria e afirmou a divisão entre os dois grupos.O Ashura tem vários rituais, entre eles o jejum, longas procissões, onde os xiitas batem as mãos contra o peito, se cortam, gritam cantos religiosas. Eles se vestem de preto e têm palestras religiosas. 
Esse ritual dura por 10 dias e possui adeptos em vários países.

A prática de se cortar foi proibida em vários países já que é visto como um caso extremo de flagelação, mas em alguns lugares, como em Kerbala, no Iraque, onde Hussein está enterrado, esse ritual ainda é praticado. Nos últimos rituais, ao sentir que o sangue havia parado de sair, se cortavam novamente: sangrar, para eles, é um sinal de respeito.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.