O Círculo

by - junho 21, 2017

Oi, gente!

A Companhia das Letras me convidou para a Pré-Estreia do filme "O Círculo", baseada no livro de mesmo nome, de Dave Eggers, e publicada no Brasil pela editora. Eu já tinha curiosidade sobre o livro, mas quando vi o trailer e percebi que Tom Hanks e Emma Watson estariam no elenco, meu interesse aumentou bastante, já que adoro os dois atores! Então vocês imaginam a minha felicidade quando vi que poderia ir à pré-estreia, né? Agora vamos falar sobre o filme? 

The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta. Atuando no ramo da Internet, é responsável por conectar os e-mails dos usuários com suas atividades diárias, suas compras e outros detalhes de suas vidas privadas. Ao ser contratada, Mae Holland (Emma Watson) fica muito empolgada com possibilidade de estar perto das pessoas mais poderosas do mundo, mas logo ela percebe que seu papel lá dentro é muito diferente do que imaginava.

Imagina trabalhar na maior empresa do mundo? Uma empresa inovadora, que conseguiu realizar muitas das coisas que facilitam o seu dia-a-dia? Com a ajuda de sua amiga, Annie, Mae Holland conseguiu uma vaga no Círculo, a empresa do momento.

Como todos os guppies, novatos da empresa, Mae está mais que animada para seu novo emprego... Mas não imaginava que precisaria dar muito mais do que imaginava: não bastava ficar na empresa apenas durante o horário de trabalho. Além disso, ela precisava ser sociável, postar fotos nas redes sociais, conversar e ser pontuada por seus colegas, e também participar dos eventos sociais promovidos pela empresa fora do horário de trabalho!


Durante esse tempo, além das suas preocupações com o Círculo, Mae também se preocupa com o que está acontecendo na sua casa, já que seu pai tem esclerose múltipla e a situação financeira da família não é das melhores.

Ainda nos seus primeiros dias na empresa, o Círculo anuncia uma de suas maiores inovações: uma câmera com uma qualidade inacreditável, com um preço super acessível e que é fácil de camuflar em qualquer canto. E demora para perceber como isso pode comprometer a privacidade e o futuro da humanidade.


Fiquei surpresa com a proximidade de tudo isso com a nossa realidade - isso poderia acontecer! As empresas tecnológicas já estão entre as mais desejadas e muitas delas privilegiam esse aspecto social entre seus funcionários. A privacidade é cada vez mais colocada de lado com as redes sociais - e tem algumas pessoas que realmente deixam a vida inteira aberta, qualquer um poderia ver.

Eu gostei muito do filme. Não me surpreendi, já que Emma Watson e Tom Hanks estão no elenco - e é difícil eles participarem de um filme que eu não goste. Além disso, o filme mostra um modo pelo qual o mundo poderia chegar em uma distopia (e vocês sabem que eu amo uma distopia, né?). Agora... só um último comentário: isso é muito Black Mirror!


Leia também

3 comentários!

  1. Oi Andrea, tudo bem?
    Quando comecei a ler esta resenha não pensei em outra coisa a não ser Black Mirror, e realmente isto está bem próximo da nossa realidade. Já vi o trailer e gostei bastante do que vi, quero assistir assim que puder.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste do filme tanto quanto eu gostei!

      Excluir
  2. Oi! Também amo distopias e ja me interessei muito pelo filme. O fato de a nossa privacidade ser deixada de lado (a gente querendo ou não) me assusta (muito). Espero que o que acontece nesse filme não se torne realidade hahaha beijoss

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons