Maze Runner: Correr ou Morrer

by - setembro 06, 2014

Nome: Maze Runner - Correr ou Morrer
Autor: James Dashner
Editora: V&R
Páginas: 426



Thomas acorda em um elevador escuro, sem saber para onde está indo, nem como chegou ali. Na verdade, ele não se lembra de nada, além de seu nome. Quando finalmente o elevador para, uma luz aparece por cima dele, e ele é apresentado a seu novo lar: a Clareira.

Thomas chega à clareira cheio de perguntas, tentando entender como funciona aquele lugar, e, além disso, tentando se adaptar aos costumes locais. Se não fosse tão misteriosa, a clareira poderia até ser agradável. Ela tem tudo aquilo necessário para subsistência, toda semana os itens necessários para a sobrevivência são enviados pela caixa - o mesmo local em que Thomas chegou - e, a cada mês, um novato aparece.

Todos os clareanos são garotos, de 12 a 16 anos, que seguem estritamente as regras que lhes foram colocadas. Uma delas é nunca ir ao labirinto sem permissão. Labirinto? Pois é. A clareira é cercada de um labirinto, com paredes móveis que mudam de lugar toda noite. Outra regra é nunca ir ao labirinto a noite. Nesse período, os verdugos saem - e é bom que ninguém esteja por perto enquanto eles estiverem soltos. Eles são bichos horríveis, meio animais, meio máquinas, que picam os que conseguem fugir a tempo, e matam aqueles que não conseguem. Realmente, é de dar arrepios só de imaginar estar próximo a um deles.

Durante dois anos, os corredores percorrem o labirinto durante o dia e voltam a noite para tentar desvendá-lo. Nunca conseguiram encontrar nenhum sentido no que viam. E os clareanos passaram dois anos vivendo daquela maneira. Mas tudo muda quando uma garota aparece por lá. E ela traz uma mensagem: tudo vai mudar.

Agora, Thomas precisa provar que é digno de confiança dos clareanos. E que, com sua ajuda - e quem sabe também com a ajuda da garota -, eles finalmente estarão livres para voltar ao mundo real. Mas será que é isso mesmo que eles querem? 




Em abril deste ano, fui chamada pela Fe, do blog "Lendo e Esmaltando", para participar de um Encontro de Blogueiros com James Dashner, o autor da saga Maze Runner, que estava no Brasil para lançar seu novo livro, "O Jogo Infinito". Eu fiquei super animada com o convite, e resolvi começar a ler logo os livros da série, além de pedir para o autor autografar. 

Aproveitando que o filme baseado no livro lançaria esse mês, em setembro, resolvi deixar a resenha para agora! Assim, tenho certeza que vocês ficarão com água na boca para correr aos cinemas e aproveitar essa história incrível nas telonas!

Vocês todos já sabem que eu sou apaixonada por distopias - e com Maze Runner não foi diferente. Ao chegar na clareira, junto com Thomas, senti a confusão que passava por sua mente, senti a vontade de entender o que se passava em volta, de saber o motivo de estar preso naquele lugar. 

Me apeguei aos personagens. Eu gostei de conhecer Teresa - e imagino a dificuldade de ser a única mulher em uma situação amedrontadora como aquela. Gostei de conhecer Newt, o vice-líder, que demonstra ao mesmo tempo dúvidas e sabedorias. Adorei ver o Minho, a determinação de encontrar alguma razão, alguma saída, dia após dia, mesmo sem quase nenhuma esperança. E, é claro, não poderia deixar de falar de Chuck, o garotinho que recepcionou Thomas na clareira, e que parece precisar de alguém por perto para ajudá-lo naquela situação. 

Realmente, é de admirar a garra de todos os clareanos diante da situação em que vivem! Recomendo o livro para todos, principalmente para aqueles que adoram e são apaixonados por distopias! Vale mesmo a pena ler!

Leia também

14 comentários!

  1. Gostei da resenha! Eu necessito urgentemente desse livro, já que vai chover spoilers agora, haha.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  2. EU AMO DISTOPIAS, apesar de ultimamente tenho fugido dessa temática. Porém, Maze Runner tem me chamado muita atenção. Já coloquei o filme na lista de filmes para assistir no cinema. Acho que agora perto do lançamento, mas do que nunca, estou cogitando ler o livro. Já vi muita gente falando bem do título. Espero que valha a pena!

    bjs
    http://hollywoodemcasa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Déia!

    Tem como não amar distopias? Só de o livro ser distópico é 100% de certeza que o lerei. Ainda não li Maze Runner, mas tô pensando em pegar emprestado com meu irmão. Só me falta achar o tempo para ler, agora que estou (finalmente!) fazendo faculdade.

    Beijos!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Deia!
    Não tinha lido e nem visto nada do livro, apenas um cartaz na entrada do cinema..
    Acabei ficando curiosa porque está todo mundo falando dele. Quero ver e ler!
    Obs: O loiro ali é o Eustáquio de Narnia??? Até que ele ficou bonitinho né! hahahahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  5. Heeey
    Cara vc está vendo o comentário de uma fanática por Maze Runner
    Super hiper mega viciante... Haha
    Mas creio que só entenderemos tudo em À Cura Mortal, porque eu li o segundo e... Haha não é spoiler, mas eu não sei gosto ou não da Teresa O.o
    Leia logo o segundo Deia!! Vamos conversar sobre ele! Hehe
    Ansiosissima para ver o filme nos cinemas, até porque o próprio Dashner disse que estava fiel ao livro :)))
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
  6. Oi Déia,
    Correr ou Morrer me conquistou desde a primeira página, eu amei essa distopia incrível e não vejo a hora do segundo chegar para que eu possa ler ele.
    Não gosto muito da Teresa, desconfio muito dela. Meus personagens preferidos além do Thomas são o Newt e o Minho, gostei desses caras de mértila desde o primeiro momento haha.
    E que sorte a sua de conhecer o James e pegar autógrafo. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Andrea, muito boa a sua resenha!! E isso me lembra que eu preciso logo ler esse livro, peguei emprestado há meses e ainda não li :(, mas quero ler antes do filme para poder assisti-lo no cinema.

    Parece ser um livro muito bom, adoro distopias e acho que com essa não vai ser diferente. O autor parece ter construído um universo todo novo, e parece ser aquele tipo de livro que a gente fica tentando descobrir porque as coisas acontecem juntamente com os personagens.

    O trailer está muito bom, espero que o filme não decepcione.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Oi, Déia, tudo bem?
    Confesso que bem no início, eu não era muito fã das distopias! Mas, depois das minhas últimas leituras, estou cada vez mais apaixonada!
    Maze Runner tem chamado MUITO a minha atenção, principalmente agora que vai ter o filme em breve *-* e com certeza o lerei antes do filme estrear!
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Não sou extremamente fã de distopia. Como eu disse, gostei da ideia que o Doador de Memorias passa, gostei de Divergente e só. Não sei se esse faria meu tipo, mas com certeza verei o filme.
    De um certo modo, essa ideia do labirinto em lembra um jogo de video game em que se tme que correr de algo que está atrás de si. Acho que tem um para android com um nome parecido. Mas é que a ideia de um labirinto me assusta.

    Beijos,
    Cinefilando Br

    ResponderExcluir
  10. Oi Andrea.
    Também amo distopias e tod esse mistério ao redor da Clareira é bem interessante. Além disso, ter um labirinto que muda toda noite é bem diferente rs
    Consegui o primeiro livro dessa série por uma troca no skoob para o meu namorado. Nem eu nem ele lemos ainda rs
    Vi diversas resenhas positivas sobre a série, então estou bem curiosa quanto a ele. Também estou com vontade de ver o filme.

    ResponderExcluir
  11. Estou simplesmente apaixonada por esta distopiaa!!!
    Preeeciso ler este livro antes q ele saia no cinema! =P
    Estas séries de livros estão acabando com o nosso orçamento neah...hahaa
    Thomas <3

    ResponderExcluir
  12. Ok. Confesso que vou ler só porque o Dylan O'brien faz o Thomas <3 Mentira, vou ler porque já li muita resenha boa desse livro e estou morta de curiosidade!
    Amo distopias e essa parece ser ótima.

    Beijos,
    -A.

    ResponderExcluir
  13. Fiquei com IMENSA curiosidade acerca desse livro! Eu adoro livros fantásticos, de aventura e esse parece enquadrar-se nessas categorias.Pirei quando vi o trailer e não vejo a hora de me aventurar e me eletrizar com esta historia!!

    ResponderExcluir
  14. Estou pegando gosto por distopias. Dentre os gêneros que estão caindo nas graças dos leitores, este é o que eu mais me identifico. Mas gosto mais quando elas não são tão absurdas, quando eu possa me imaginar naquele contexto.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons