Sociedade dos Meninos Gênios

by - julho 12, 2014

Nome: A Sociedade dos Meninos Gênios
Autor: Lev AC Rosen
Editora: Novo Conceito


Violet Adams é uma garota muito inteligente. Com certeza, está entre os mais promitentes jovens da Inglaterra vitoriana. Seu sonho é estudar em Illyria, a melhor escola de formação de cientistas, completamente gratuita, e que só aceita 5 novos alunos - que devem ser excepcionais - por ano. Só existe um problema: a escola só aceita homens: nada de mulheres dentro de Illyria. 

Determinada a realizar seu sonho, Violet aproveita que seu pai, um famoso astrônomo, vai passar um ano fora, na América, e, junto com seu irmão gêmeo, Ashton, traça um plano: por um ano, ela fingiria ser o irmão e frequentaria as aulas em illyria. A única coisa que ele pede em troca, é um tempo livre em Londres para que possa ter a vida boêmia de muitos escritores e filósofos da época.


Assim, por sua inteligência, Violet consegue entrar em Illyria e, pretende se esforçar ao máximo em seu projeto de final de ano, que dará a ela a chance de provar que uma mulher tem, sim, capacidade de estudar na renomada. E, ao contrário do que espera, Violet passa a fazer amizades e se relacionar com as outras pessoas, o que nunca tinha tido habilidade para fazer até então.

Ao longo do livro, conhecemos Jack, amigo de infância dos gêmeos e que acompanhará Violet em Illyria, ajudando-a em seu plano; Drew e Toby, os novos amigos, que já estão há mais tempo em Illyria e que estão sempre saindo para beber ou para explorar o misterioso porão da escola. Conhecemos também o Duque de illyria, Ernest, que herdou a escola, mas não conhece todos seus seegredos; Ada, a condessa de Lovelace, a quem Violet admira e sonha em se igualar: Cecily, a prima de Ernest, que é inteligente e atrai a atenção de todos os alunos; e Miriam, sua governanta, que namora escondido com Toby, que está sempre com Violet e seus novos amigos.


Adorei a protagonista, sua força de vontade e a adoração pela ciência, acima de tudo. Ela sempre lutava por aquilo que acreditava, independente de qualquer coisa. Além disso, estava disposta a mostrar seu ponto de vista e de conquistar o que merecia justamente por merecer. Adoro personagens femininas fortes, e, sem dúvidas, Violet é um grande exemplo!

Achei super interessante ver como o preconceito, apenas por conta do sexo, existia, independente de qualquer outro fator: o duque comenta, em certo momento, que uma garota já havia enviado 5 vezes o formulário de inscrição e esse havia sido diretamente descartado.

Eu adorei o livro. Vi muita gente falando que tiveram vários detalhes desnecessários, mas eu não encontrei nada que pudesse ser facilmente descartado. Nunca tinha lido um steampunk e essa foi uma ótima introdução! Recomendo sem pensar duas vezes! 

Esse post foi feito como resenhista do Arca Literária!

Leia também

21 comentários!

  1. O que é steampunk?

    Achei a temática bem legal, Déia! Já estou querendo ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wesley!
      Steampunk é um gênero em que alguns objetos estão fora de seu tempo. Assim, nesse livro, vemos alguns objetos bem modernos, que nunca existiriam na época em que o livro foi narrado, como a própria construção de Illyria, mas no livro são 'normais'!

      Espero que tenha conseguido entender (meio difícil de explicar hahah).

      Beijos

      Excluir
  2. Eeeeh, mais uma pessoa que recomenda esse livro!
    Estou querendo ler algo do gênero Steampunk, tava até pensando em pegar Leviatã, mas pareceu meio chatinho... Já esse parece ser muito bom, ainda mais depois da sua resenha. *-*
    Entrou definitivamente no top 5 da minha wishlist literária, haha.

    [N]ayh's Wonderland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também quero ler Leviatã, mas achei esse daqui mais legal! Espero que vc goste do livro! :D
      Beijos!

      Excluir
    2. Por indicação sua e num impulso louco acabei comprando esse livro.
      Devo dizer que DEVOREI em um dia e meio, literalmente li sem parar. Não conseguia parar, haha.
      Simplesmente adorei! Dei 4,5 estrelas (de 5) só pelo fato de que achei que ficaram poucas pontas soltas e com um ar que pode/vai ter continuação. Será? De qualquer forma, achei que poderia ter explicado mais algumas coisas mais a fundo.
      Mas apesar disso, não foi um livro confuso e nem difícil de mergulhar na história.

      Desejando ler mais Steampunks agora, hehe. :P

      Excluir
  3. Oeee Andrea

    O livro não tinha me chamado nenhuma atenção com a capa, e ai vi sua postagem no twitter falando de uma tal de Violet se fingindo de homem para entrar numa escola muito renomada, mas que só aceita homens. E BOOM, meu interesse despertou HUAEHUAHUAE
    Adorei sua resenha, e espero, em breve, ter a oportunidade de lê-lo. E ainda não tive o contato com a escrita steampunk, quem sabe ele será o meu primeiro :3

    Beijos
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, a história é mesmo muito atraente! Eu me interessei por causa do nome e da sinopse, para falar a verdade. A capa me deixou ainda mais curiosa!
      Espero que vc consiga ler, vale mesmo a pena :D

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi deia!
    Não é um gênero que eu goste muito, mas já li Incarceron e gostei.
    Não o leria agora, mas quem sabe num outro momento...

    Beijos
    soueupri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante desse livro, Pri! Espero q vc dê uma chance!

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, Deia.
    Acho a capa desse livro muito bonita, e a história parece ser bem interessante, mas, sei lá... Não despertou tanto meu interesse quanto achava que ia despertar, sabe? :/
    Um dia dou um chance, hehe.
    Sua resenha tá ótima.
    Bjos,
    La Vie de Lee

    ResponderExcluir
  6. OOOOOOOOOOOOOOOOOOI, Deiaaaaaaa *-* Tuuuuudo bom, lindona? Espero que sim, hahahahahahaha! ♥ Aaah, já li uma resenha deste livro em outro blog! E vou te dizer: me interessou bastante! Ainda mais pela capa! É tão diferente! Caraca, a história é tão emocionante! Amo histórias que envolvem garotas que se vestem de garotos para provar algo, uahsuashuash! A história deste é suuuuuuuuuper interessante, me apaixonei, hahaha! ♥ E concordo contigo! É mesmo interessantíssimo ver como o preconceito domina o mundo, né? :3

    Hahahaha, óooooooootima resenha, sua divaaaaaaaaa ♥

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é bem diferente, né? Eu também adooro esse tipo de história (: Tenho certeza que vc vai adorar o livro!
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi Deia.
    Não achei a capa boa o suficiente para a premissa desse livro!
    Na tag que tu fez (li até a página 100) eu disse que esse livro é MUITO parecido com aquele filme com a Amanda Bynes. Ela é Viola, tem um irmão gêmeo chamado Sebastian e finge ser ele em uma escola para poder jogar futebol em um time que só aceita meninos. Tinha um Duke (Channing Tatum) e até o nome da escola era o mesmo. Será coincidência?
    O livro parece ser realmente bom! Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da capa, mas acho que, nesse caso, o autor foi melhor que o designer hahah. Apesar disso, a capa tem tudo a ver com o filme!
      Eu gostei bastante desse filme quando assisti! Era fã da Amanda Bynes :) Provavelmente ele pensou em Shakespeare também para fazer sua obra, quem sabe?

      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Deia!
    Gostei muito da sua resenha, acho que também gostaria da protagonista, prefiro quando elas são decididas e isso foi uma das coisas que me deixou com mais vontade de ler! Nunca li nada do gênero, mas tenho muita curiosidade...
    Beijos
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que vc goste! Eu realmente me surpreendi!

      Excluir
  9. Oiee
    O livro me parece ser muito bom mas ainda tenho minhas dúvidas se leio ou não,a temática não é a qual eu estou acostumada então tenho um pé atrás.
    Acho que já está na hora de eu cair nos steampunks e largar esse preconceito com livros desse gênero.
    Violet com certeza é uma garota revolucionaria,quero saber o que acontece quando descobrem que ela é do sexo feminino,se é que descobrem,fiquei curiosa!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre tive vontade de ler esse livro, mas sempre quando posso comprar acabo passando outro na frente. Sei lá, acho que por causa da capa que não me agradou muito... A sinopse é bem interessante e nunca li nada do tipo steampunk, fiquei curiosa. Se surgir a oportunidade, com certeza lerei.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Oie Deia,
    Nunca havia ouvido falar desse livro, mas parece ser muito legal!
    História diferente e tals.. Agora estou curiosa para lê-lo, pois não havi lido um livro desse gênero..
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
  12. Já tinha visto outra resenha sobre esse livro, acho essa capa linda e a história me lembra muito aquele filme Ela é o Cara, da Amanda Bynes! Pra mim é praticamente a mesma história, só que em forma de livro...
    Ah, e o que é steampunk? Já vi esse termo por aí mas ainda não sei bem o que é :/

    ResponderExcluir
  13. Oi Deia!
    Olhei pra sua foto e pensei: o que a Déia tá fazendo na minha sala? hahahaha
    Que linda <3
    Eu sou louca para ler esse livro, nem pela capa, nem pela editora, porque tenho um preconceitozinho com a NC, mas pelo gênero. Ainda quero poder ler Alma? e mais alguns Steampunks, porque parecem sensacionais! Achei super legal ela ser forte e determinada, coisa que está faltando nas personagens femininas contemporâneas!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons