As Palavras

by - outubro 22, 2013

Minha mãe assistiu o filme e, depois, ficou insistindo para que eu assistisse, falando que eu ia adorar! O livro contava sobre um escritor e falava sobre direito autoral (uma área do direito que me interessa bastante!). Eu vi que era com  o Bradley Cooper e eu fiquei ainda mais interessada em assisti! E, realmente, vale a pena assistir!


Rory Jansen sonha em publicar seu livro próprio. Nunca conseguiu escrever nada que considerasse realmente bom. Por falta de apoio do pai, Rory começou a trabalhar em uma editora, já que tinha que se sustentar e deveria ter dinheiro para ajudar, também, sua namorada, Dora. Ela, ao contrário do pai do protagonista, o apoia e admira sua persistência para que alcance seu sonho.

Durante sua lua de mel em Paris, após casar com Dora, ele entra numa loja de antiguidades e compra uma bolsa antiga. Quando volta para os Estados Unidos, descobre um manuscrito dentro da pasta - e não consegue parar de ler por um segundo. Rory fica com raiva, com vontade de ter sido escrito aquilo ele mesmo. Sem conseguir tirar a história de sua cabeça, ele resolve transcrevê-lo para o computador. 

Dora lê, por acasos o que o marido escreveu no computador, e, encantada com o que leu, incentiva a publicá-lo. Com o intuito de agradar a esposa, Rory mostra o manuscrito na editora em que trabalha, deixa seu chefe maravilhado e, ainda, torna-se um grande sucesso literário.

Ofuscado com a fama, Rory não tem tempo para se sentir culpado em ter publicado algo que não é seu. Porém, tudo muda quando um senhor, que nos é conhecido como "O velho", aparece, se identifica como verdadeiro autor do livro, e lhe conta o que realmente aconteceu por trás do texto que encontrou. E é aqui que descobrimos como foi a história que deu a Rory tanto sucesso.


Achei engraçado a semelhança desse filme com "Sem Limites" (resenha). Ambos, estrelados por Bradley Cooper, contam a história de um artista sem sucesso, que falha em tentar viver da literatura, e que, por um milagre, consegue fazer sucesso sem precisar de muito esforço (mas, enquanto um lado isso é feito por uma pílula da inteligência, do outro é por puro plágio). 

Outra coisa que me chamou a atenção é que a história de Rory é, na verdade, a narrativa de um livro - e que o autor, Clay, faz uma leitura para o público da primeira parte desse livro para um público, no evento de seu lançamento. Enquanto narra a história, ficamos com a dúvida se aquela história contada é a história do próprio autor do livro. Nessa parte do filme, também contamos com a presença de Olivia Wilde, que interpreta uma estudante que é encantada por Clay.

Eu gostei muito do filme - e imagino que conta a história de vários autores que duvidam de sua capacidade e que têm dificuldade em se encontrar na literatura e publicar seu livro. Ao mesmo tempo, mostra o lado daquele autor que ficou famoso com um livro e não sabe se conquista seus leitores apenas pelo nome ou pela qualidade do que escreve (o que podemos ver com J.K. Rowling escrevendo com um pseudônimo). Vale a pena assistir, recomendo!

Leia também

6 comentários!

  1. Olha, parece bem interessante o filme. O ator é excelente...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o Bradley Cooper! Vale a pena assistir o filme, é interessante mesmo!
      Beijos!

      Excluir
  2. Adorei a indicação!
    Não lembrava desse filme! Queria ver!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena! Assista que você não vai se arrepender!
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu não me lembrava do Bradley Cooper no trailler desse filme, mas ainda não tive a oportunidade de assistir. Parece ser muito interessante e fico curiosa sobre o que ele pretende fazer em relação a revelação de que é uma fraude.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena assisti! Alugue quando tiver oportunidade!
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons