1 de abril de 2013

Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida (1981)


Conheça Indiana Jones, um arqueólogo que não perde a oportunidade de viver uma aventura. Além de ser professor (recebendo muitas atenções principalmente de suas alunas), também é muito conhecido pelo que faz. E, por isso, muitos o procuram para que vá atrás de objetos históricos cobiçados por muitos anos.


Assim, quando interceptam uma mensagem nazista que dizia ter encontrado o local onde fora escondido um desses objetos, não pensam duas vezes antes de chamar Jones. Seu objetivo, agora, é encontrar a Arca da Aliança. É nela que os judeus guardaram a tábua em que receberam os 10 mandamentos. Caso os nazistas consigam o baú, seu exército será invencível. E, é claro, o arqueólogo deve impedir que isso ocorra. 

Para encontrar o local exato do "Fosso das Almas", onde a Arca foi escondida, há a necessidade de utilizar o Cajado de Rá, que o indicará. Por isso, Jones viaja ao Nepal, encontrar uma antiga amiga, Marion, que tem a posse do objeto. E, é claro, que a relação dos dois se aprofundará ao longo do filme.

Então, já no Cairo, o arqueólogo fará de tudo para impedir que a arca tenha o uso errado - e, ao mesmo tempo, tentar garantir a segurança de Marion. Jones arrisca a vida, comete loucuras, se disfarça e faz de tudo para alcançar seu objetivo. 


O filme é muito bom. Adoro os conhecimentos de Jones, o modo que sabe como as coisas funcionam (viu, gente, a teoria serve para alguma coisa) e também como consegue agir da maneira certa na hora certa, sem medo de errar.

Mesmo eu sendo fã da série, não consigo deixar de notar algumas falhas. No início do filme, Jones rouba uma estatueta de ouro - e a perde para outro arqueólogo que não tem boas intenções. Depois, não comentam mais sobre ela. 

De qualquer modo, compensa assistir. Recomendo a trilogia original inteira (não curti muito o novo), são muito bons. E também deixo um lembrete: aproveite muito a trilha sonora, que é ótima! Adoro a música-tema de Indiana Jones (mesmo não tendo sido feita pelo Hans Zimmer)!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.