House - 7º temporada

by - março 05, 2013

Eu nunca escrevi nada sobre House, mas esse sempre foi um dos meus seriados favoritos. O seriado conta a rotina de um hospital e, mais especificamente, de uma equipe especializada em fazer diagnósticos, liderada por Gregory House. 

O médico, ao contrário do esperado, não tem ética. Quando decide sobre algum diagnóstico, não tem nada que pode impedi-lo de tratar seu paciente. E, mesmo quando não tem permissão para realizar um tratamento, passa por cima de tudo para fazer o que queria do mesmo modo. Apesar disso, é um dos melhores médicos dos Estados Unidos e, com certeza, do hospital em que trabalha.

Spoiler das temporadas anteriores

Nessa temporada, House completa 1 ano sóbrio. O começo é exatamente no final da última temporada: ele e Cuddy, a diretora do hospital, finalmente ficaram juntos. Mas como será que vai funcionar essa relação? Será que vai atrapalhar a relação deles no trabalho?

A relação dos dois muda no hospital Inicialmente, ao invés de ser aquele médico que não pensa duas vezes quando quer alguma coisa, House passa a ceder para a nova namorada. Porém, ao contrário do que imaginava, fazer as coisas da maneira certa não vai ser tão benéfico quanto deveria. Também é muito engraçado ver a relação entre o médico e Rachel, a filha de Cuddy. Mas será que isso vai dar certo?

A equipe de House também passa por modificações. A começar por 13, que sai no começo da temporada por razões desconhecidas. Depois, Chase, que resolve aproveitar a vida de solteiro e está saindo com quantas mulheres consegue sair. Por fim, vemos grande confusão para contratar uma nova mulher na equipe. Além disso, Taub tem mais um problema com sua mulher - e pode apelar para soluções inimagináveis. Por fim, Cuddy contrata uma estudante de medicina - que se formou com 15 anos no colegial e já cursou duas faculdades -, Martha M. Masters, que se mostra muito inteligente e mais capaz do que muitas médicas e, ao contrário de House, não consegue agir sem ter ética.


Juntando todo o trama dos médicos com as doenças que são tratadas e os casos que são contados, o seriado é muito bom. Não consigo deixar de gostar de House e fiquei muito triste quando descobri que terminaria. A relação entre as personagens é ótima, a nova personagem é diferente do que estamos acostumados - ela realmente enfrenta House de um modo que ninguém faz. Alguns episódios em especial foram muito legais: um deles havia uma suspeita de que uma família havia sido infectada por varíola, uma doença que já foi eliminada - e que matou muitas pessoas anos atrás.

Eu realmente recomendo essa temporada. Ver House feliz - diferente do que estamos acostumados -, ver o modo como cada personagem lidá com a situação e descobrir novas doenças (virar hipocondríacos?) é muito interessante. Se você nunca viu House, assista a primeira temporada e vicie! Realmente compensa! Ficamos com raiva e fascinados com a genialidade e o gênio (ihihih) desse médico. 

Leia também

4 comentários!

  1. House é uma séria muito bom, uma de minhas favoritas. Para mim, só perde para Dexter.
    Fiquei meio chateada com a saída da 13 (eu a adorava) mas esta é uma ótima temporada, aliás, como todas de House.
    http://daquioitentaanos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei chateada com a saída da 13, mas acho que o House consegue fazer o seriado sozinho! Já mudaram vários personagens, mas ele consegue impressionar sempre! Também amo Dexter *-* Que bom gosto para séries vc tem, Layla! hahaha *-*
      Beijos!

      Excluir
  2. Oiii
    Eu adorava House!
    Pena que não consegui acompanhar

    Obrigada pela visita ao meu blog, seja bem-vinda e volte sempre ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baixa as temporadas! Vale muito a pena!
      Beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons