Hush Hush: Silêncio

by - fevereiro 11, 2013

Nome: Silêncio

Autor: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Cuidado! 
Tem Spoilers dos primeiros livro! 
Leia a resenha de Sussurro e de Crescendo

Nora acorda desorientada, dentro de um cemitério. A última coisa que se lembra é que está em abril. Não sabe como chegou lá, nem o motivo de estar naquele lugar. Só sabe que está assustada e tem que voltar para casa o mais rápido possível.

A garota fora sequestrada, ficou 11 semanas fora e perdeu 5 meses de sua vida - não se lembra nada o que aconteceu. Nada de Patch, Jules, Rixon, Scott, Detetive Basso, anjos caídos, nefilins ou anjos da guarda. Nada. Perdida, e sem saber o que fazer, Nora está determinada a descobrir o que aconteceu durante esse período de sua vida. E, para isso, deve confiar no que sua mãe e no que Vee diz. E isso nem sempre pode traduzir a verdade.

Após descobrir que sua mãe está namorando Hank Millar - pai de sua inimiga Marcie - Nora não sabe mais o que fazer. Durante um jantar com os dois, foge. E encontra ninguém mais do que Jev - nosso querido Patch - no caminho. Na hora já sente uma conexão. Sabia que o conhecia, mas não conseguia lembrar quem era e nem qual sua ligação com ele - e, é claro, faria isso mudar. Tinha que descobrir algo. E entender o porquê daqueles olhos negros a intrigarem tanto.

Também fica disposta a entender qual a relação dela com Scott Parnell, o garoto que não via desde a infância e que a presenteou com um carro. Finalmente alguém que contaria a verdade para ela. E, aos poucos, Nora lembra de alguns detalhes que, por mais absurdo que sejam, sabe que são reais. Assim, está disposta a engatar no meio de uma luta entre anjos caídos e nefilins, independente do que isso possa gerar.


O livro é ótimo. Fiquei o tempo todo torcendo para que ela se lembrasse quem era Patch - e fizesse a conexão entre ele e Jev (gente, cadê o anel dela??). Torci para que a máscara de Hank caísse, sem que a mãe de Nora se machucasse. Fiquei feliz em ver como Scott se mostrou verdadeiro amigo da protagonista. E senti uma boa distanciada entre Nora e Vee que, apesar de continuarem amigas, não tinham mais a mesma relação - Nora sabia que a amiga esconderia seu passado para protegê-la, por mais que quisesse saber o que realmente aconteceu. E, não sei se alguém mais reparou... Mas de repente, Vee começou a chamar Nora de Baby - desde quando ela tinha esse apelido? (imagino que a tradutora esqueceu que, ao invés de 'Baby', colocara 'Amiga' nos outros livros, mas enfim...)

Estou louca para ler Finale e saber como Nora e Patch vão finalmente ficar juntos (será?). Também torço para que Vee encontre algum namorado (ela merece alguém que não a machuque, gente!). Também quero que Scott finalmente consiga lidar com Patch - e os dois se tornem amigos, mesmo sendo de raças diferentes. 

O final é surpreendente! Eu nunca imaginaria que aconteceria algo assim. Quero muito saber como Nora vai lidar com sua nova situação e estou louca para ler "Finale" logo! Recomendo fortemente a trilogia para todos! Se gostarem tanto quanto eu, tenho certeza que essa se tornará uma de suas séries preferidas!

Leia também

0 comentários!

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons