Dexter - 2ª temporada!

by - novembro 16, 2012

Mais uma vez voltamos à essa série maravilhosa e perturadora. Dexter volta mais uma vez: e, agora, a polícia está procurando o Açougueiro de Bay Harbor. Esse assassino não é ninguém mais, ninguém menos que o nosso protagonista. Vemos, aqui, o conflito interno do personagem: ele se entrega? Ele deixa passar e culpa alguém?



Ao mesmo tempo, ao perceber que o namorado está estranho, Rita faz com que ele passe a frequentar os alcoólatras anônimos (Dexter finge que se drogava quando, na verdade, matava). Lá ele conhece Lila, uma britânica que se torna a madrinha do protagonista – e acaba causando ainda mais problemas em seu relacionamento com Rita.

A segunda temporada é ainda mais envolvente que a primeira. Percebemos as dúvidas do protagonista quanto àquilo que faz, quanto à ética e moral. Conhecemos ainda mais a história de Dexter e entendemos muito de como é sua vida. Ficamos cada vez mais próximos dos outros personagens, dos outros policiais, de Debra, Batista e La Guerta. Entramos em uma relação de amor e ódio com Dexter quando ele se relaciona com Lila.



A cada temporada que assisto, Dexter me atrai cada vez mais. Adoro o personagem – que parece cada vez mais humano -, amo sua história, e anseio entrar em sua mente. É muito interessante ver como alguém tão psicótico consegue agir tanto como um ser humano, como ele lida com o sentimento de culpa, medo e como ele se preocupa com aqueles de quem ama (ele ama?). Recomendo fortemente! 

Leia também

2 comentários!

  1. Sou louca por séries mas nunca assisti dexter tenho vontade mas no momento assisto 11 séries é dificil administrar, mas vai pra minha lista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não perca seu tempo e corra para Dexter, viciei assim que vi o primeiro episódio! ahhaha Quais séries você acompanha? Tem muuuitas que adoro!

      Excluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons