22!

by - outubro 24, 2013

Oi, gente!

Hoje é meu aniversário! Farei 22 aninhos! Resolvi escrever um mini-conto aqui para vocês e espero que vocês gostem. O conto inteiro estará no Wattpad. Parabéns para mim!!

Vou deixar a música 22 da Taylor Swift para vocês também! Acho essa música super alegre e tem uma letra super para cima (veja aqui a tradução)!


Estava inconformada. Não acreditava que ele tinha esquecido. Nós já namorávamos há 5 anos e ele nunca tinha esquecido do meu aniversário. Andava pela cidade tomando um chocolate quente para me esquentar um pouco. O dia estava gelado. Assim como meu coração. Não acreditava que ele tinha esquecido.

Eu conheci o Rodrigo no último verão antes do último ano de colégio, quando eu tinha 16 anos. Nós estávamos na praia, e foi tudo perfeito! Realmente não queria ter que voltar às aulas e ficar estressada com o vestibular. Um dia antes de ir embora, ele me pediu em namoro. Eu não poderia ter ficado mais feliz!

Passou o tempo, entrei na faculdade, me formei e ainda estava com ele. Não acreditava na sorte que tinha tido de ter encontrado o amor da minha vida tão cedo! Ele sempre me dava presentes lindos e nunca se esquecia de nenhuma data. Até hoje. Como ele ainda não tinha me ligado? Tudo bem, ele não estava aqui... Mas de qualquer jeito, achei estranho.

O Rô trabalha em uma multinacional. Quando eu o conheci, ele estava passando as últimas férias antes de começar a trabalhar lá. Estava quase se formando na faculdade e agora, já formado, viajava a trabalho com frequência. Ele já tinha me levado uma vez. Eu paguei minha viagem depois de economizar algum tempo. Foi lindo, adorei conhecer outro país!

Quando ele me contou que teria que viajar bem no aniversário, é claro que fiquei triste. Desde que começamos a sair, ele estava ao meu lado todo aniversário. Ele prometeu que me ligaria meia noite (a nossa, não a dele) e me daria o primeiro parabéns do dia. Bom, ainda poderia ser o primeiro, né? Parecia que ele não tinha sido o único a esquecer.

*

Cheguei no trabalho no horário certo e já sentei para discutir um projeto que estávamos fazendo a semana inteira. Trabalho numa agência de publicidade e o pessoal lá é muito legal. Minha melhor amiga de infância, Fernanda, também está aqui. A agência não é grande, mas nós nos dedicamos muito aos projetos que recebemos e estamos conseguindo fazer o nome dela. 

Fê, assim que me viu, veio me abraçar e me deu um cupcake. Fez com que todo mundo parasse de discutir, acendeu uma velinha e cantaram parabéns. Finalmente alguém tinha lembrado de mim! Sabia que ela não me deixaria na mão!

Terminamos o projeto e, logo depois do almoço - em um restaurante super gostoso e com direito à sobremesa de graça - nos encontramos com o cliente. Tudo o que eu queria era que ele gostasse do trabalho! Realmente tinha me dedicado à ele e sua aprovação seria um ótimo presente de aniversário! E, para minha felicidade, ele adorou! Iria começar a divulgar a propaganda logo mais!

Esse era, na verdade, o primeiro projeto que a agência deixou sob o meu comando! Não poderia estar mais feliz! Logo poderia mostrar para minha mãe que eu era responsável por algo que seria divulgado imensamente por aí (tinha feito vídeos para propaganda no YouTube; imagens para outdoors e anúncios para revistas).

*

No final da tarde, já estava mais feliz. Ainda estava inconformada com o Rô. Ele não tinha dado sinal de vida - e olha que eu mandei algumas mensagens. Será que lá onde estava não estava funcionando o celular? Será que tinha acabado a bateria? Mas estava chamando, não deveria estar desligado. Quando pensava nisso, ficava triste. E ficava com mais vontade de ficar em casa sem fazer nada tomando um potão de sorvete (em casa não era friozinho que nem do lado de fora) com nutella! Que delícia! 

Quando contei os planos da minha noite para Fê, ela ficou inconformada - e, é claro, não deixou. Fomos para um barzinho com o pessoal da agência e fizemos um happy hour para comemorar meu aniversário e o sucesso do nosso projeto!

Tomei duas caipirinhas super gostosas e comi uns quitutes. Era meu aniversário, eu podia exagerar um pouquinho, né? Fê se convidou para minha casa. Ela me acompanharia no meu sorvete com nutella e disse que tinha alugado alguns filmes para assistir comigo.

Estava bem feliz com a companhia da minha amiga! Fazia tempo que não fazíamos uma noite do pijama! Seria bem divertido. Chegamos no meu prédio. A rua estava cheia. Eu morava perto da faculdade que fazia. Tinha me mudado para cá assim que passei no vestibular e morava sozinha desde então. No começo, foi difícil, mas o Ro sempre me ajudava e eu tinha meus amigos por perto. Agora já estava acostumada - e não me imaginava morando na minha antiga cidade, junto com meus pais de novo!

*

SURPRESA!!

Eu queria ter visto a minha cara! Deve ter sido ótima. É claro que eu estava satisfeita por levar a Fê para dormir em casa e se divertir comigo no meu aniversário, mas ainda estava triste: ninguém além dela e do pessoal do trabalho tinha me ligado para dar parabéns. Nem meus pais, nem o Rô. E, de repente, estavam todos lá. 

Eu quase chorei de alegria. Rô se adiantou e se ajoelhou na minha frente. Isso mesmo. Se ajoelhou. Eu nem sei que reação eu tive, mas daqui a pouco vou descobrir: minha mãe filmou tudo. Ele tirou uma caixinha do bolso e disse as palavras que eu não esperava escutar tão cedo. "Casa comigo?".

Aí sim que eu comecei a chorar de verdade. Estava muito emocionada! Só conseguia falar que "sim, sim, sim" e abraçar o Rodrigo mais forte do que eu conseguia imaginar! E estavam lá todos que eu sempre gostei! Meus amigos da escola, o pessoal da faculdade, do trabalho, minha família - que veio da minha cidade só para me ver... Eu adorei! 

Com certeza esse foi um dos aniversários que nunca mais vou esquecer. Me diverti muito aquela noite. Dancei, comi, conversei, matei as saudades e, é claro, noivei! Eu estava muito feliz e todos perceberam e também ficaram felizes! Realmente, meu aniversário de 22 foi inesquecível!


Gostaram? Espero que sim! Se quiserem ler o conto completo, veja no meu Wattpad!

Apesar da Jessica - esse é o nome dela - ter ficado noiva aqui, eu não quero ficar noiva com 22 hahaah

Leia também

14 comentários!

  1. Parabéns huru!! Parabéns huru!!!
    Que Deus te de muita saúde e paz. E muitos anos de vida ainda possa vir.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que bacana a surpresa. Melhor ainda saber que o dia teve um final tão feliz...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Andrea, lhe desejo tudo de bom pra tua vida! =D

    http://newworldbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Deia, com um cadinho de atraso: PARABÉÉÉÉÉÉÉNS!!!!! \o/\o/\o/
    Te desejo tudo de bom, muita saúde e sucesso!
    Bjo grande!
    La Vie d'Lee

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Andreia,que você tenha muito sucesso na sua vida. Felicidades!!
    Adorei o conto.
    Beijinhos
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?

    vim convidar você para participar do "Follow Friday" http://www.fashionebella.com.br/2013/10/follow-friday-1.html

    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante! Obrigada por comentar, e aproveite sua visita!

* Os comentários são moderados, então dependem de aprovação para serem publicados.

O conteúdo do blog foi escrito e criado por mim, salvo quando sinalizado. Se for copiar, me avise e coloque os devidos créditos. As imagens e fotos, se não tiradas por mim ou criadas para o blog, foram retiradas, em sua maioria, do Pixabay. Caso seja de sua autoria, me avise para que eu coloque os devidos créditos!

Licença Creative Commons